Amazonas Destaques Manaus

Derrubada de veto vai manter empregos

Brasília – Na avaliação de empresários, a decisão do Congresso de derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro à desoneração da folha de pagamento dá maior segurança jurídica às empresas e deve permitir a manutenção de empregos. Em alguns setores, como o de telesserviços, a estimativa era de que a reoneração do tributo pudesse elevar os custos fiscais das companhias em até 11%.

“A base da economia é o emprego. Se não existe emprego, o governo não arrecada, as pessoas não consomem, a cadeia produtiva anda para trás e se cria um problema social”, disse o presidente da Associação Brasileira de Telesserviços (ABT), John Anthony von Christian.

(Foto: Marcello Casal Jr / ABr)

Bolsonaro havia vetado em julho dispositivo aprovado pelo Congresso que prorrogava até o fim de 2021 a desoneração da folha de salários de 17 setores, entre os quais, construção civil, call center, máquinas e equipamentos, comunicação, tecnologia da informação, transporte e têxtil, que empregam mais de 6 milhões.

O veto foi rejeitado por 430 votos a 33 na Câmara dos Deputados, com uma abstenção, e por 64 a 2 no Senado. As empresas vão poder optar por contribuir para a Previdência com base em um porcentual que varia de 1,0% a 4,5% sobre a receita bruta – em vez de recolher 20% sobre a folha.

Publicações relacionadas

Candidatos mostram garra e disposição no primeiro dia de campanha

Redação

Alfredo e Conceição garantem programas sociais

Redação

No Rio, Bolsonaro entrega espadins a cadetes das Agulhas Negras

Redação

Deixe uma resposta