Amazonas Destaques Manaus

David Almeida participa de assembleia que institui o consórcio para aquisição de vacinas

Manaus – O prefeito de Manaus, David Almeida, participou na tarde desta segunda-feira (22), da assembleia geral, realizada virtualmente, que institui a criação do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), para a aquisição de pelo menos 20 milhões de doses de imunizantes contra o novo coronavírus e insumos para combater a pandemia.

A reunião, coordenada pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), contou com a presença do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e serviu para dar início à nova etapa da organização, que já aprovou o estatuto do consórcio, garantindo a legitimidade das ações.

David Almeida salientou a importância da união entre os governantes, para que o país consiga sair da pandemia (Foto: Ruan Souza / Semcom)

Indicado para ser o representante das cidades da região Norte no Conectar, David Almeida salientou a importância da união entre os governantes, para que o país consiga sair da pandemia.

Ao ser questionado sobre as soluções encontradas por Manaus, para diminuir o número de novos casos de infectados pela Covid-19, o prefeito frisou a importância da implementação da Campanha de Vacinação, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e os decretos que auxiliaram a população a respeitar o distanciamento social.

“Tenho acompanhado o que está acontecendo no Brasil.  Peço que vocês (prefeitos) não flexibilizem o distanciamento social, para que não passem o que Manaus passou. Tivemos um grande problema, pela desobediência dos decretos de distanciamento. Porém, vivemos hoje uma nova realidade. O segredo de Manaus foi o distanciamento e a vacina. Não há outro segredo. Se não for feito isso, o povo do Brasil vai sofrer muito”, aconselhou Almeida.

O prefeito revelou que Manaus já está prestes a concluir a vacinação dos profissionais de saúde e avançou no processo de imunização dos idosos com 60 anos ou mais.

Coordenada pelo presidente da FNP, o ex-prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizete, a assembleia também contou com a participação do ex-ministro e ex-presidente do STF, Ayres Britto; da representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), no Brasil, Socorro Gross Galiano; e de representantes de mais de 1.700 cidades brasileiras, que solicitaram a entrada no consórcio.

Elogio

Convidado especial da reunião, o ministro do STF, Gilmar Mendes, elogiou a atitude tomada pelos membros da FNP que, em menos de um mês, conseguiram respeitar todos os prazos e criar o consórcio, que hoje conta com 1.731 cidades brasileiras.

“Venho dar uma palavra de simpatia, devido a atitude que vocês estão tomando para vencer essa pandemia, que vem destruindo o nosso país. Infelizmente, não faltam apenas vacinas, mas também oxigênio e insumos. De fato, a situação toma essa dramaticidade muito maior do que imaginávamos. Sei que não é fácil reunir quase 2 mil municípios para tomar essa iniciativa, que é importante para mostrar a vitalidade da nossa federação. Que essa institucionalidade se fortaleça”, disse Mendes.

Representante da Opas no Brasil, Socorro Gross informou que os órgãos internacionais estão dispostos a ajudar o consórcio em todos os processos de negociação para a aquisição das doses, tão importantes, para tirar o país da crise criada pelo novo coronavírus.

“Como organizações, temos uma longa tradição de trabalho em nível municipal. Consideramos que a saúde e o bem-estar sejam tratados onde a pessoa mora. Por isso parabenizamos a iniciativa. Esse consórcio desperta um interesse para nós, porque acontece no meio de uma pandemia, e a união dos prefeitos é importante para que possamos vencer esse momento, é muito importante. Nossa organização está com vocês nessa tão difícil situação”, concluiu.

Novo encontro

Os membros do Conectar voltarão a se reunir na próxima segunda-feira, 29, para realizar a eleição da diretoria e do conselho fiscal da organização. Além disso, o presidente do FNP, Jonas Donizete, deve informar as duas datas sugeridas pelo laboratório União Química, empresa que fabricará a vacina Sputnik V no Brasil, para que uma comitiva formada por membros do consórcio visite as instalações da fábrica, localizada em São Paulo (SP).

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/amazonas/david-almeida-participa-de-assembleia-que-institui-o-consorcio-para-aquisicao-de-vacinas/

Publicações relacionadas

Wilson Lima demite secretário de saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias

Redação

TCE define prazo de 15 dias para Secretaria de Saúde responder questionamentos

Redação

Empresas do polo industrial de Manaus fazem transição para novo modelo

Redação

Deixe uma resposta