Amazonas Destaques Manaus

Criminosos invadem escritório de empório em Manaus e fazem reféns

Manaus – Três criminosos assaltaram, na tarde desta segunda-feira (10), por volta das 15h, o escritório de um empório de produtos naturais. O local fica localizado na rua das Hortênsias, no conjunto Tiradentes, no bairro Coroado, na Zona Leste de Manaus. Funcionários foram feitos reféns enquanto eletrônicos, pertences pessoais e duas motocicletas eram roubados. 

De acordo com informações de funcionários, que preferiram não se identificar por medo de represálias, os três suspeitos abordaram funcionários que estavam em um caminhão de transporte. A abordagem foi feita durante uma entrega. Os entregadores foram levados para um dos banheiros nos fundos do local e lá eles ficaram trancados. 

“Depois de prenderem os empregadores, eles entraram no escritório. Foram momentos de terror. Eles saíram recolhendo tudo, aparelhos celulares, notebooks, ou seja, tudo de valor que viam pela frente. Eles fizeram a limpa”, contou uma funcionária.  1.00Playvolume00:01/00:44d-emtempoTruvidfullScreen

Após carregar os objetos do interior do escritório, os suspeitos levaram eletrônicos que estavam no caminhão da empresa de transporte. Dois dos criminosos ainda roubaram duas motocicletas da garagem do escritório e o outro suspeito fugiu em um carro não identificado. A ação durou cerca de 20 minutos.  

De acordo com a equipe da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), uma das motocicletas já foi recuperada no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus, devido a um rastreador. As equipes da 11ª e 25ª Cicoms atenderam a ocorrência. Há câmeras nos arredores do escritório, mas segundo a polícia, elas não estão funcionando. 

O caso deve ser investigado pelo 11° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Publicações relacionadas

TCE-AM reprova contas e multa gestora de SPA Zona Norte

Redação

Saullo Vianna questiona ações da prefeitura de Boa Vista do Ramos durante a pandemia

Redação

REFIS: contribuintes têm até 100% de desconto em dívidas tributárias municipais

Redação

Deixe uma resposta