Amazonas Destaques Manaus

Criança de 8 anos é estuprada por ‘amigo da família’ em Manaus

Manaus – Um homem de 20 anos foi preso após estuprar uma criança de apenas 8 anos, em uma residência na rua Airton Senna, no bairro Puraquequara, Zona Leste de Manaus.

Segundo o sargento Roberto Alves, da Força Tática, moradores da área pararam a viatura, na tarde da última terça-feira (17), informando o crime.

“Estávamos em deslocamento para a unidade prisional do Puraquequara quando populares informaram que a criança tinha sido estuprada, uma menina de 8 anos apenas, e ela estava no local aos prantos. Os moradores também informaram quem tinha estuprado a criança”, disse o sargento. 1.00Playvolume00:00/00:40d-emtempoTruvidfullScreen

Segundo Alves, a própria criança relatou o que havia acontecido. “Ela disse que ele a levou para atrás do banheiro, tirou a roupa dela e fez outras coisas a mais com ela”, disse Roberto. 

Segundo o sargento, a mãe da criança é funcionária na Unidade Prisional do Puraquequara e, ao sair para trabalhar, deixou a criança em casa com outros familiares. O criminoso, que seria conhecido da família, aproveitou o momento e abusou da menina

A mãe ao retornar para casa, percebeu que a filha demonstrava um certo tipo de incômodo e descobriu que a criança tinha sido violentada. Desesperada, a mulher informou aos familiares e moradores do bairro. 

O homem foi localizado logo em seguida. Ele foi amarrado por populares e agredido até a chegada da polícia.

A criança identificou o criminoso e ele foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde foi autuado por estupro de vulnerável. A menina passou por atendimento médico. 

Publicações relacionadas

‘Estão querendo me prender porque estou tentando salvar vidas’, diz David Almeida

Redação

Governo contratou empresa de comércio eletrônico para fornecer enfermeiros a UTIs

Redação

Wilson Lima e Sérgio Moro inauguram Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública Regional Norte, em Manaus

Redação

Deixe uma resposta