Amazonas Manaus

CPI da Saúde solicita ao MPF relatório completo da operação Maus Caminhos e convoca ex-secretário

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde aprovou hoje (27) o pedido para que o Ministério Público Federal forneça cópia completa do relatório da operação Maus Caminhos, que em 2016 desarticulou um esquema criminoso que desviava recursos da Saúde Pública do Amazonas.

O pedido para liberação do relatório foi apresentado pelo deputado estadual Fausto Jr, que é o relator da CPI da Saúde. O parlamentar argumenta que a investigação feita pelo MPF levou em conta desvios de recursos federais, porém existe a necessidade de aprofundar a investigação envolvendo recursos estaduais.

“Vamos usar o relatório da operação Maus Caminhos para analisar contratos envolvendo recursos estaduais repassados às empresas que forneciam produtos e serviços à Secretaria de Saúde do Amazonas”, afirmou Fausto Jr.

A operação Maus Caminhos foi uma investigação realizada em 2016, pelo Ministério Público Federal, para desarticular um grupo criminoso que desviava recursos públicos, por meio de contratos milionários, firmados com o Governo do Amazonas.

A primeira fase da investigação girou em torno do Instituto Novos Caminhos (INC), administrado pelo médico e empresário Mouhamad Moustafa, apontado pelo MPF como principal articulador da organização criminosa.

A CPI da Saúde também aprovou hoje a convocação do ex-secretário de Saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias, e da ex-secretária de Saúde da Capital, Daina Mejia. Eles terão que esclarecer as denúncias de irregularidades envolvendo a compra de respiradores hospitalares para o tratamento de pacientes com coronavírus.

A data para os depoimentos será marcada na próxima segunda-feira, durante reunião virtual da CPI.

Na sexta-feira (29) os membros da CPI farão uma inspeção no hospital Nilton Lins, usado pelo governo do Estado para tratamento de pacientes com Covid-19. A inspeção foi sugerida pelo deputado Wilker Barreto e aprovada pelos demais membros da comissão.

“Vamos ao hospital de campanha Nilton Lins avaliar a verdadeira situação do hospital. Queremos verificar a quantidade de leitos disponíveis, equipe técnica trabalhando, aparelhos funcionando e a oferta de aparelhos de proteção individual aos funcionários”, propôs Fausto Jr.

Publicações relacionadas

Neymar supera Ronaldo e se torna 2º maior artilheiro da seleção

Redação

Em nota, prefeitura afirma que não há ilegalidade no processo de Vacinação em Manaus

Redação

Prefeitura recupera rede de drenagem no bairro Santo Antônio

Redação

Deixe um comentário