Amazonas Destaques Manaus

Corpos são enterrados em trincheiras em cemitério de Manaus

Corpos estão sendo sepultados em trincheiras abertas no cemitério público Nossa Senhora de Aparecida, na cidade de Manaus, no Amazonas, desde a última segunda-feira (20). A medida foi adotada pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) por causa da grande demanda de sepultamentos no últimos dias.

O procedimento, que já tem sido utilizado em outros países por causa do grande aumento no número de mortos que estava sobrecarregando os sistemas funerários, também leva em conta cuidados necessários com os corpos infectados com o novo coronavírus.

O cemitério, conhecido como Tarumã, é administrado pela prefeitura de Manaus. De acordo com a nota oficial, esse método preserva a identidade dos corpos e os laços familiares, com o distanciamento entre os caixões e com a identificação das sepulturas. A medida foi necessária para atender a demanda de sepultamentos na capital.

De acordo com o último boletim da Secretaria do Estado de Saúde do Amazonas, divulgado nesta segunda-feira (20), foram registradas 185 mortes em todo o Estado. A maioria dos óbitos (156) é de pacientes de Manaus.

Publicações relacionadas

Durante discussão de trânsito, motorista é baleado e morre em Manaus

Redação

Procuradoria Geral do Estado voltará ao atendimento presencial em agosto

Redação

Pacientes internados no Delphina Aziz são transferidos para outras unidades de saúde

Redação

Deixe uma resposta