Amazonas Manaus

Comissão do Centro Histórico retoma reuniões presenciais para início de intervenções

Na próxima quarta-feira, 1º/6, a Prefeitura de Manaus retoma uma segunda fase de reuniões da Comissão Técnica para Implementação e Revitalização do Centro Histórico de Manaus, criada pelo decreto municipal nº 5.034/2021, que atua na definição de pontos de intervenção para o plano “Nosso Centro”, que tem três grandes eixos: “Mais Vida”, “Mais Negócios” e “Mais História”.

A comissão é coordenada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) – contando com diretores, gestores e técnicos com expertise no tema – além das secretarias municipais de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef); do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Para a reunião do dia 1º, a primeira presencial de 2022 com todos os representantes do conselho, também devem participar membros das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc); de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); de Segurança Pública de Manaus (Semseg); e Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados (Ageman).

Durante encontro para traçar as estratégias que serão colocadas na pauta a partir de junho, os diretores-presidentes do Implurb e da Manauscult, mais o secretário da Semtepi, estiveram reunidos no Casarão da Inovação Cassina, Centro.

“Vamos dar prosseguimento aos projetos para o Centro, os iniciados no ano passado, os quais muito caminharam. Temos recursos destacados para execução, mudamos algumas estratégias para melhor atender a gestão do prefeito David Almeida. O retorno das reuniões da comissão tem por intenção executar as ações”, comentou o titular da Semtepi, Radyr Júnior.

Segundo ele, no ano passado foram perdidos 4 meses em razão das restrições por conta da crise sanitária de Covid-19. “Neste ano estamos trabalhando com força total para entregar alguns equipamentos ano que vem, direcionados pela comissão”, salientou.

Tratativas

Diretor-presidente do Implurb, o engenheiro Carlos Valente explicou que desde o ano passado as secretarias envolvidas diretamente na comissão atuaram no desenvolvimento interno das tratativas e agora retomam de forma transversal as intervenções propostas para a área central da capital.

“Estamos adicionando mais atores, secretários, que serão importantes na construção da reabilitação do centro histórico, ampliando as ações e articulações para conseguir grandes mudanças para a cidade”, comentou Valente.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, a retomada dos trabalhos presenciais vai alinhar e integrar os agentes públicos na busca da construção coletiva para a população. “O objetivo é ter bens públicos de qualidade e movimentados, reabilitados e em uso pelo povo, preservando patrimônio, arquitetura e cultura, estimulando negócios, habitações e o cuidado com as pessoas”, avaliou.

Publicações relacionadas

Manaus registra mais de 15,5 mil imunizados e coloca o Amazonas na liderança do ranking

Redação

Em dia de julgamento de acusado de matar esposa, mulheres fazem protesto contra feminicídios no AM

Redação

CGU apura recebimento do Auxílio Emergencial por 2.163 pessoas de alta renda no Amazonas

Redação

Deixe um comentário