Amazonas Destaques Manaus

Com aumento de casos da covid-19, Unimed Manaus oferta testes rápidos para agilizar diagnostico de seus usuários

Em um momento em que a pandemia do novo coronavírus dá sinais de uma possível terceira onda de contágio no estado do Amazonas, a direção da Unimed Manaus iniciou esta semana uma campanha de incentivo a realização de teste de diagnóstico da doença entre os seus usuários. O objetivo é ampliar a vigilância dos casos e iniciar, o mais precocemente possível o tratamento daqueles que tenham sido infectados.
“Como a doença continua avançando em nossa cidade, cresce a necessidade de realizamos testes para detecção da doença e assim termos o conhecimento mais próximo da realidade do número de infectados e reformar nossas estruturas para cuidar desses pacientes, e, o mais importante, iniciar os protocolos de tratamento, antes que a doença evolua”, explica o presidente Executivo da cooperativa médica, Sérgio Ferreira.
De acordo com a direção da Unimed Manaus, os usuários do plano de saúde e de outras operadoras cooperadas, que tiveram sido expostos a situação de contágio, podem agendar a partir o teste para diagnóstico da covid-19, de segunda a sexta-feira, no horário das 7h às 17h e, aos sábados, de 7h às 13h. O agendamento pode ser feito no portal do cliente.
A cooperativa também está atendendo clientes particulares. Nestes casos, o agendamento deve ser feito na administração do hospital Unimed Manaus, por meio dos telefones 3212-2011 e 98444-4973, das 8h às 17h.
Estão sendo ofertados os testes rápidos sorológico qualitativo IgG e IgM, realizado por imunocromatografia, que identifica qualitativa de anticorpos para anti covid-19, em amostra de sangue, e o teste rápido (antígeno), que é recomendado para identificar a infecção pelo novo coronavírus, quando uma pessoa apresenta sinais ou sintomas consistentes da doença e também em pacientes assintomáticos que tiveram contato com pessoas com caso positivo.
Os testes estão sendo realizados no Pronto Atendimento da Unimed Manaus, localizado no complexo hospitalar da Constantino Nery.
“É uma estratégia importante. Disponibilizando os testes de diagnóstico, nós podemos iniciar mais precocemente o tratamento, evitando assim que a doença evolua para e que o paciente chegue a ao hospital com quadro grave e, consequente a doença possa evoluir mais rapidamente. Nosso objetivo é ampliar um pouco mais a vigilância para que a gente possa menos casos graves e paciente com menos sequelas”, reforça a diretora técnica da Unimed Manaus, Lucilaide Santos.

Publicações relacionadas

David Almeida se une a Coronel Menezes, representante de Bolsonaro em Manaus

Redação

EM 2021, WINDOWS 10 SERÁ MAIS PERSONALIZÁVEL

Redação

Procuradora Geral Leda Mara confirma favoritismo na eleição do Ministério Público

Redação