Amazonas Destaques Manaus

Com 4 bilhões em caixa, Wilson decide pagar parcela do 13º. agora em junho

Governador segue assim o prefeito Artur Neto que termina de pagar a primeira parcela dia 15

Com mais de R$ 4,1 bilhões em caixa, segundo balanço do próprio Governo do Amazonas divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional, o governador Wilson Lima (PSC) decidiu antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º. salário dos servidores públicos do Estado para os dias 25 e 26 deste mês. Assim, Wilson segue os passos do prefeito Artur Neto (PSDB) que conclui o pagamento do 13º. No próximo dia 15, depois de ter antecipado no início do mês o benefício para os profissionais que estavam na linha de frente de combate ao Coronavírus e aos aposentados e pensionistas.  Wilson Lima tenta evitar assim o desgaste que sofreu no ano passado quando deixou para pagar a parcela do 13º. em novembro, mesmo tendo dinheiro em caixa. O pagamento do 13º. em junho/julho sempre foi uma tradição dos governos do Amazonas, rompida ano passado por Wilson Lima.

Mais dinheiro para o Estado

E para melhorar ainda mais a situação financeira do Estado do Amazonas, o Governo Federal anunciou para hoje (9/6) o pagamento da primeira parcela do socorro a estados e municípios pelas perdas durante a pandemia do coronavírus. São R$ 15 bilhões de um volume previsto de R$ 60,15 bilhões, que serão repassados em quatro parcelas nos dias 13 de julho, 12 de agosto e 11 de setembro. O valor destinado ao Amazonas é de R$ 522 milhões, dinheiro que cairá diretamente na conta dos fundos de participação.

Deputados se preparam para votar veto de Wilson Lima

Deputados estaduais do Amazonas se preparam para votar o veto do governador Wilson Lima, a respeito da exploração do gás natural no Amazonas. A votação deverá ocorrer amanhã (10) na Assembleia Legislativa. O projeto que abre novas possibilidades econômicas para o Amazonas, foi aprovado pela maioria dos parlamentares mas recebeu o veto de Wilson Lima. 

Apoio nacional

O projeto do gás apresentado pelo presidente da Assembleia, Josué Neto, recebeu apoio de várias entidades nacionais,além do ministro da economia, Paulo Guedes, que chegou a gravar um vídeo em apoio a iniciativa. Agora os deputados tem a oportunidade de derrubar o veto.

Ricardo Nicolau e Conceição numa mesma chapa

Conceição Sampaio deve compor chapa na condição de vice, numa composição do PSDB de Arthur Neto, com o PSD do senador Omar Aziz. Na linha de frente estaria o deputado estadual licenciado Ricardo Nicolau, que está na linha de frente na administração do hospital municipal de enfrentamento ao Covid-19.

Obras em Manaus

O prefeito Arthur Virgílio Neto assinou na segunda-feira, 8/6, um convênio com o Banco do Brasil, para investir R$ 300 milhões no pacote de obras da Prefeitura de Manaus, que inclui melhorias em infraestrutura e mobilidade urbana. O valor estará disponível no cofre municipal, em cota única, até o final de junho.

Decisão do candidato do PT

Só na próxima semana, a direção nacional do PTl vai decidir se referenda ou não a vitória do deputado estadual Sinésio Campos na prévia do partido sobre o deputado federal José Ricardo. Apoiadores de José Ricardo recorreram da decisão e querem anular o resultado da eleição. Não é de hoje que o PT do Amazonas cria problemas para a direção nacional, oferecendo em contra partida, pouquíssimos resultados práticos.

Especialistas pedem cautela sobre Covid-19

Medicos, professores e pesquisadores que participaram da audiência pública da Assembleia Legislativa ontem (8) sobre medidas de flexibilização do isolamento social no Amazonas, foram cautelosos nas observações mas recomendaram cautela, pois temem a possibilidade de uma segunda onda.

Números preocupantes

O cientista do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e professor Lucas Ferrante comentou durante a reunião, que o debate se faz necessário e que essa abertura do isolamento social pode causar a morte de 7 mil pessoas no Amazonas.

Presidente do Sindicato sai da prisão

O juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, de Iranduba, revogou na noite de segunda-feira (8) a prisão preventiva do presidente afastado do Sindicato dos Rodoviário, Gilvancir de Oliveira. Ele é acusado de matar a tiros Bruno Freitas Guimarães, no dia 23 de fevereiro, durante discussão, em uma estrada próxima a sede municipal de Iranduba .

Repasses milionários aos partidos

O TSE divulgou divulgou a divisão do fundo eleitoral de R$ 2 bilhões. O dinheiro vai abastecer as campanhas de prefeitos e vereadores nas eleições municipais deste ano. Ficou assim a distribuição:

PT: R$ 200.925.914,05

PSL: R$ 193.680.822,47

PSD: R$ 157.180.452,52

MDB: R$ 154.867.266,21

PP: R$ 140.245.548,54

PSDB: R$ 126.028.246,07

PL: R$ 123.291.771,52

DEM: R$ 114.582.014,53

PSB: R$ 109.473.374,53

Republicanos: R$ 104.420.877,14

PDT: R$ 99.268.623,40

PODE: R$ 88.650.237,68

PROS: R$ 44.662.782,92

Solidariedade: R$ 42.226.143,46

PSOL: R$ 40.671.705,00

Cidadania: R$ 39.432.103,26

Novo: R$ 36.593.934,06

PTB: R$ 35.104.450,75

PSC: R$ 33.174.133,61

PCdoB: R$ 30.975.329,95

Avante: R$ 28.147.299,59

Patriotas: R$ 27.486.008,90

PV: R$ 20.513.797,41

Rede: R$ 20.420.046,72

PMN: R$ 5.872.173,76

PTC: R$ 5.634.758,31

DC: R$ 4.025.171,90

PCB: R$ 1.233.305,95

PCO: R$ 1.233.305,95

PMB: R$ 1.233.305,95

PRTB: R$ 1.233.305,95

PSTU: R$ 1.233.305,95

UP: R$ 1.233.305,95

Total: R$ 2.034.954.823,96

Publicações relacionadas

Governo simplifica assinatura eletrônica de documentos públicos

Redação

Aleam defende medidas de amparo aos profissionais de segurança pública contra a Covid-19

Redação

Jornalista Alex Braga, do programa AMAZONAS DIÁRIO, sofre atentado ao sair do trabalho

Redação

Deixe uma resposta