Entretenimento Famosos Internacional

“Cinquenta Tons de Cinza”: Dakota Johnson revela detalhes das gravações como Jamie Dornan

Dakota Johnson e Jamie Dornan protagonizaram cenas quentes e fetichistas no cinema, ao estrelarem a franquia “Cinquenta Tons de Cinza”. Mas as notícias da época davam conta de atritos entre os atores nos bastidores. Será? Dakota Johnson falou sobre o assunto.

“Nunca houve uma época em que não nos déssemos bem. Eu sei que é estranho, mas ele é como um irmão para mim. Eu o amo muito, muito. E nós realmente estávamos lá um para o outro. Nós tínhamos que confiar um no outro e proteger um ao outro”, a atriz disse em entrevista à revista Vanity Fair.

“Estávamos fazendo as coisas mais estranhas há anos, e precisávamos ser um time: ‘não vamos fazer isso’ ou ‘você não pode fazer esse ângulo de câmera’. Sam [Taylor-Johnson] não voltou para dirigir depois do primeiro filme e, como mulher, ela trouxe uma perspectiva mais suave. James Foley veio para dirigir, e ele é um homem interessante. Era diferente fazer essas coisas bizarras com um homem atrás da câmera. Apenas uma energia diferente. Há coisas que ainda não posso dizer porque não quero prejudicar a carreira de ninguém e não quero prejudicar a reputação de ninguém, mas Jamie e eu fomos muito bem tratados. Erika [E.L.James, autora dos livros] é uma mulher muito legal, e ela sempre foi gentil comigo e sou grata por ela querer que eu estivesse nesses filmes”, completou.

📸:Getty Images

A trilogia literária “Cinquenta Tons de Cinza”, escrita por E.L.James, se tornou um sucesso literário com os relatos sexuais de uma jovem inexperiente, em uma relação BDSM. Os direitos dos livros foram comprados pela Universal Pictures e adaptados para o cinema.

Publicações relacionadas

Lançamentos musicais de sexta-feira

Redação

Kanye West é o artista mais premiado na cerimônia on-line do Billboard Music Awards 2022

Redação

BOMBA: Antônia Fontenelle se revolta e detona Juliette Freire na web: ‘Vai estudar, pé no saco’

Redação

Deixe um comentário