Amazonas Destaques Manaus

Cigás e Eneva assinam contrato de compra e venda para viabilizar o gás do Campo de Azulão

Nesta quarta (12), a Companhia de Gás Natural do Amazonas (Cigás), distribuidora do insumo, e a empresa produtora Eneva firmaram contrato de compra e venda do gás natural que será produzido no interior do Amazonas a partir de 2021. O gás produzido no Campo de Azulão, localizado em Silves (AM), será direcionado para a geração de energia térmica em Boa Vista (RR), na Usina Térmelétrica Jaguatirica II, operada pela Eneva.

Atualmente, o Campo Azulão está em fase de desenvolvimento, com a realização de obras para a exploração do gás natural, liquefação em um terminal específico e posterior transporte rodoviário até a capital de Roraima. O contrato de compra e venda entre Cigás e Eneva viabiliza que o gás liquefeito no Estado do Amazonas possa atender a esta demanda.

Quando estiver em operação, o Campo de Azulão será o primeiro a produzir gás natural na Bacia do Amazonas. Todas as demais operações do insumo são provenientes da bacia do Urucu, comandadas atualmente pela Petrobrás, mas cujo anúncio de processo de venda foi feito pela petroleira brasileira há algumas semanas.

O Campo de Azulão foi descoberto na década de 1990 pela Petrobrás, mas nunca produziu. Adquirido pela Eneva em 2018, o Campo de Azulão passou a ser desenvolvido e tem previsão para entregar as primeiras produções já em 2021.

Publicações relacionadas

A tiros, jovem é executado 24h após sobreviver a atentado em Manaus

Redação

Prefeitura inicia nova etapa de campanha contra sarampo

Redação

Arthur puxa a contagem regressiva e deseja paz, trabalho e segurança para 2020

Redação

Deixe uma resposta