Amazonas Destaques Manaus

Casos de Covid aumentam e sinal vermelho é aceso

Um novo sinal vermelho foi aceso. A má notícia vem do outro lado do Atlântico:  265 mil infectados pela Covid na França em 24 horas, outros 130 mil no Reino Unido, 100 mil novos casos na Espanha, países que investiram maciçamente em vacinas.

O horizonte é sombrio. Nunca é demais lembrar  que Manaus foi o epicentro da pandemia em janeiro e o risco de uma nova onda é real.  Possivelmente com menos mortes, mas com o sistema hospitalar colapsado caso  aumente a necessidade de internações.

Há todo um quadro mundial que indica a urgência de adoção de medidas que evitem aglomerações – o que não vem sendo respeitado na cidade, com festas e shows ainda sendo realizados com grande público.

Parece muito claro que aprendemos pouco com a dor de tantas perdas.

Por puro acaso chegamos até aqui. Sobreviventes de uma grande tragédia, mas não imunes ao vírus que continua ativo e matando.

Quando vamos aprender?  Esse vírus pisou em nossos calos e levou os que amávamos. E ainda assim não aprendemos a nos cuidar e a cuidar dos outros.

É possível que na passagem do ano muitos percebam que há cadeiras vazias em torno da mesa, o que tornará o vinho ou a cerveja com gosto de fel. É possível que muitos entendam  que não há o que comemorar. Ou aprendemos com a dor ou nunca aprenderemos…

Publicações relacionadas

Encontro marcado dos candidatos a prefeito de Manaus com os debates na TV. Começa nesta quarta-feira (25)

Redação

Detento é flagrado ao tentar fugir pelo telhado de delegacia no Amazonas

Redação

Manaus vai ganhar 47 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas até o final do mês de setembro

Redação