Manaus Cotidiano Destaques Entretenimento

Casas noturnas e bares de Manaus devem fechar por causa de coronavírus

A Associação de Entretenimento do Amazonas (Asseam) anunciou por meio de nota na noite desta terça-feira (17), o fechamento de casas noturnas e bares por tempo indeterminado como medida de preventiva diante das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Mediante o possível surto, a única resposta possível é coletiva. Somos conscientes da nossa responsabilidade social e estamos dispostos a fechar nossos estabelecimentos preventivamente, até nova reunião e posicionamento do poder público”, diz trecho da nota.

A nota afirma ainda que as casas e bares geram mais de 20 mil empregos diretos e indiretos em Manaus, portanto, será necessária a atuação dos governantes para que ninguém seja prejudicado.

“Precisamos da atuação, coordenação e participação dos governantes, assim como a compreensão das dificuldades pelas quais passaremos, como a perda dos empregos gerados direta e indiretamente, que colocará em dificuldades mais de 20.000 famílias”, destaca outro trecho da nota.

Reunião

Pela manhã, uma comitiva da Asseam se reuniu com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, e com o secretário de Cultura do Estado, Marcos Apolo Muniz, para tratar de medidas a serem tomadas pelas casas noturnas com a chegada do novo coronavírus em Manaus.

Segundo o vice-presidente da Asseam, DJ Evandro Jr., o objetivo da reunião é buscar amparo para os trabalhadores noturnos. “Pensamos que o setor de entretenimento tem que parar, ao mesmo tempo sabemos que o segmento gera muitos empregos diretos e indiretos, e nós não podemos deixar essas pessoas desamparadas. Estamos recorrendo às autoridades que estão dispostas a nos ajudar”, disse Evandro Jr.

O diretor-presidente da Manauscult Bernardo Monteiro e o secretário de Cultura do Estado se colocaram à disposição para ajudar a categoria no período da pandemia.

Vale destacar que a prefeitura de Manaus recomendou a suspensão de eventos que reúnam mais de 100 pessoas no mesmo ambiente.

FONTE: acritica

Publicações relacionadas

Wilson Lima contrata hacker para manipular informações da Sefaz no Amazonas

Redação

Menino de seis anos, fã da Rocam, se emociona ao conhecer batalhão

Redação

Manaus reabre com tímida movimentação

Redação

Deixe uma resposta