Amazonas Destaques Manaus

Carros ficam submersos após chuva alagar estacionamento no Centro de Manaus

Um dos clientes, o autônomo Raimundo Nonato, 59, estacionou o veículo às 11h55, e foi alertado pelo proprietário do estabelecimento que o local tinha risco de alagar caso chovesse. “Quando eu vi que estava chovendo, voltei e quando vi já estava desse jeito”, afirmou.

A situação inusitada também pegou o Coronel Afonso Garcia, do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, que estacionou o carro no local e se deparou com a inundação ao voltar para o estacionamento. “Acionamos a nossa viatura, mas a vasão é muito pouca pela quantidade de água. O jeito é tirar cada carro com guincho”, disse o coronel.

(Foto: Jael Lucena / GDC)

Outra cliente que ficou prejudicada foi a professora Lucinda Ferreira, 56. Revoltada com a situação, ela criticou o dono do estabelecimento. “Acho uma grande imprudência. Já que ele sabia que ia alagar, por que deixou estacionarem no local?”, disse.

À imprensa, Leandro Simões, proprietário do estabelecimento afirmou que nunca havia acontecido isso no local e culpou uma obra feita em uma galeria próxima, com entulho que impediu a água escoar. O proprietário do estabelecimento pagou o serviço de guincho para cada cliente prejudicado e acompanhou todos os trabalhos.

Equipes do corpo de bombeiros utilizavam uma bomba para escoar a água do local. Agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) desviaram o trânsito na via.

Publicações relacionadas

Covid-19: Hospital de Campanha Municipal entra em funcionamento e já recebe três paciente

Redação

Maioria na ALE ignora denúncias no Governo

Redação

Ação pede que Estado do AM seja condenado a R$ 5,3 milhões por massacre de 56 presidiários

Redação

Deixe uma resposta