Política

Campanha de Lula irá receber sugestões para o programa de governo

SÃO PAULO – A campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criará uma plataforma digital para receber sugestões que poderão ser incorporadas ao programa de governo.

A iniciativa foi oficializada em reunião nesta quinta-feira (2) entre os representantes dos sete partidos que compõem a coligação encabeçada por Lula e Geraldo Alckmin (PSB). O grupo é responsável pela formulação do conteúdo do programa de governo e é composto por dois representantes de cada partido, coordenados pelo ex-ministro Aloizio Mercadante.

A plataforma receberá sugestões pelo prazo de um mês a partir da divulgação de um texto inicial elaborado por esse grupo da campanha. Após esse prazo, a plataforma continuará em funcionamento e receberá contribuições até o final da campanha eleitoral. As sugestões enviadas nesse segundo momento poderão ser incorporadas entre as políticas de um eventual governo Lula-Alckmin.

A ideia é a de que a plataforma permita a realização de debates e o envio de documentos dentro do próprio ambiente virtual, como uma espécie de rede social. Além disso, ela possuirá um canal de organização para envolver a participação dos comitês populares e organizações dos movimentos sociais.

Para além das contribuições na plataforma, a campanha petista também colherá sugestões ao programa de governo em seminários realizados nos próximos meses.

Nesta quinta-feira, a reunião do grupo abordou três eixos considerados estruturantes do programa de governo: desenvolvimento social e garantia de direitos; desenvolvimento econômico, sustentabilidade socioambiental e combate à crise climática e reconstrução do estado e da soberania e defesa da democracia.

Publicações relacionadas

Prefeito David Almeida testa positivo para Covid-19

marceadmin

Wilson Lima discute projeto arquitetônico do Distrito Bioagroindustrial de Rio Preto da Eva

Redação

‘Se tem uma coisa que gosto é estar com o povo’, afirma Arthur Neto ao visitar feira modelo da Compensa

Redação

Deixe um comentário