Destaques

BOMBA: Nome e CPF de mega empresário fornecedor do Estado aparecem em lista de vacinados em Manaus

O nome e o CPF do mega empresário Bento Martins (Bento Martins de Souza – CPF 407. 618.002-04), dono de algumas das maiores fornecedoras de alimento para a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), aparece na primeira lista de vacinados contra a Covid-19 que foi entregue pela Secretaria Municipal de Saúde de Manaus ao Tribunal de Contas do Amazonas (TCE), publicada com exclusividade pelo 18horas, na tarde desta sexta-feira. Também está na lista a mulher dele, Jane Soares Pereira, proprietária da empresa JSP Serviço de Alimentação e Limpeza.

Lista de vacinados entregue ao Tribunal de Contas tem o nome Bento Martins, com o CPF 407. 618.002-04, de dono de empresa fornecedora de alimentos para o Estado do Amazonas

Este é mais um nome que não atua na linha de frente de combate à pandemia e foi vacinado na fase destinada prioritariamente a profissionais de saúde e índios aldeados.

O nome de Bento Martins e o CPF 407. 618.002-04 estão na lista de vacinados do Hospital e Pronto Socorro da Criança Zona Sul, do governo do Amazonas. E aparece como sendo de trabalhador da saúde. Ele é sócio da Bento Martins de Souza Eireli (CNPJ – 03.090.004/0001-04), que tem capital social de R$ 6 milhões, segundo o site SNPJ.info.

CPF é o mesmo de Bento Martins de Souza, como aparece em contrato da empresa com a Secretaria de Estado de Educação, disponível na internet.

Bento é sócio de Gustavo Henrique Macário Bento que, em 2019, foi preso pela Polícia Federal (PF) no Amazonas, na operação ‘Eminência Parda’. A operação investigava a prática de crimes de peculato, lavagem de dinheiro de capitais e organização criminosa, envolvendo dispensa de licitação naa Seduc, no início do governo de Wilson Lima no Amazonas. Na época, o TCE mandou suspender a assinatura do contrato com a G.H. Macário Bento e com a Bento Martins de Souza Eirelli. Ambas são fornecedoras de almoço e merenda escolar.

De acordo com o delegado da PF, Alexandre Teixeira, as investigações apuraram que a empresa do ramo de alimentos G. H. Macário Bento, era utilizada para desvios de verbas públicas destinadas a Saúde. Os valores eram desviados do Instituto Novos Caminhos e entregues pelo médico Mohamed Mustafa, administrador da empresa.

O delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Max Ribeiro, ressaltou que os desvios de verbas eram feitos por meio de simulação de contratos e com preços acima do mercado. A partir dessa prática, os envolvidos desviavam recursos públicos da União e, em seguida, por meio das empresas do pecuarista, os valores eram introduzidos como se fossem valores de origem lícita.

Os contratos firmados entre a empresa de Gustavo Henrique e o Instituto Novos Caminhos foram assinados em torno do ano de 2014, gestão do ex-governador cassado José Melo.

Também 2019, a então presidente do TCE, Yara Lins, suspendeu uma portaria da Seduc que dispensava licitação para a contratação de duas empresas para o fornecimento de refeições a alunos da rede estadual no interior do Amazonas. A medida cautelar iimpediu a portaria que dispensava o processo licitatório para o pagamento de R$ 32,9 milhões.

Entre os argumentos usados pelo Ministério Público de Contas (MPC) estava o fato de que o valor da dispensa é 50,7% maior que o de um contrato de 2018 suspenso judicialmente (R$ 21,8 milhões) para o mesmo serviço. O MPC também citou as acusações de irregularidades no fornecimento de alimentação de má qualidade para a Delegacia de Polícia de Alvarães por parte da empresa G. H. Macário Bento. A outra empresa envolvida na dispensa era a Bento Martins de Souza Eirelli.

Mulher empresária

Na lista também aparece o nome da empresária Jane Soares Pereira, como cozinheira ou auxiliar do Hospital e Pronto Socorro da Criança Zona Sul.

Ela é dona de empresa fornecedora do próprio hospital, como mostra print do portal da transparência. O CPF é 801.050.762-87 e as empresas das quais ela é sócia são a J. S. Pereira Refeicoes – J S P Servico de Alimentacao e Limpeza Eireli , com o CNPJ 23.512.039/0001-93.

Publicações relacionadas

Projeto especial vai antecipar vacinas para pessoas entre 18 e 49 anos

Redação

Arthur Neto reúne secretários para definir ações da prefeitura

Redação

Visitas em cadeia de Manaus são suspensas após princípio de tumulto

Redação