Manaus Amazonas Destaques

Auxiliar do IML é denunciado por suspeita de usar cadáver de mulher como objeto sexual

Informação foi confirmada em nota pela SSP-AM — Foto: Carolina Diniz/G1 AM
Informação foi confirmada em nota pela SSP-AM — Foto: Carolina Diniz/G1 AM

Informação foi confirmada em nota pela SSP-AM — Foto: Carolina Diniz/G1 AM

Um auxiliar de necropsia do Instituto Médico Legal de Manaus foi demitido e é investigado por suspeita de usar o cadáver de uma mulher como objeto sexual. Em nota, a Secretaria de Segurança do Amazonas (SSP-AM) afirma que o homem foi encontrado por outros funcionários “arrumando as calças enquanto descia subitamente de uma mesa de necropsia onde havia um cadáver”.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC) pediu abertura de um inquérito policial para investigar denúncias da prática de necrofilia pelo auxiliar de necropsia. O caso está sendo investigado pelo 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O caso aconteceu no dia 24 de novembro. No dia anterior, um auxiliar administrativo também foi demitido por “faltas funcionais graves praticadas durante o plantão”, de acordo com o Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas (DPTC). Ele e o suspeito de necrofilia, segundo relato de outros funcionários, deixaram o expediente para assistir ao jogo final da Copa Libertadores e retornaram ao trabalho sob o efeito de álcool.

Em nota, a SSP-AM afirma que o caso está em investigação pela Polícia Civil e o suspeito não faz mais parte dos quadros funcionais do IML.

Publicações relacionadas

Escolas do Japiim participarão do projeto Pavulagem Científica na Lagoa

Redação

Em menos de 48h, Manaus tem novo blecaute após desligamento no Linhão de Tucuruí

Redação

Em Manaus, adolescente morre ao ser arremessado de motocicleta em acidente de trânsito

Redação

Deixe uma resposta