Amazonas Destaques Manaus

Aumenta o número de resgate de animais com risco de extinção no Amazonas

Manaus – Vinte e três animais ameaçados de extinção no Brasil foram resgatados pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM), de janeiro a setembro deste ano. No mesmo período do ano passado, 17 espécies com risco de desaparecerem haviam sido resgatadas durante as ações policiais no estado.

(Foto: Divulgação / PMAM)

Entre os animais vulneráveis localizados pelo Batalhão Ambiental da PMAM, em 2020, estão dez macacos-prego, cinco sauins-de-coleira, quatro peixes-boi da Amazônia, dois gatos-maracajás, uma onça e um macaco-aranha.

Para o comandante do Batalhão Ambiental, major Wallasson Lira, entre os motivos para o aumento na captura desses bichos está a expansão da cidade em direção a áreas de mata.

“O crescimento da cidade e o aumento de invasões faz com que os animais deixem o habitat natural deles e acabem se deslocando para outras áreas. Animais que tinham o habitat, mas que agora, por conta do desmatamento, passaram a se deslocar para área urbana”, concluiu.

Segundo números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), 278 espécies endêmicas da Floresta Amazônica estão ameaçadas de extinção. Os dados são de 2014 e foram divulgados neste mês.

De acordo com o artigo 29 do Código Ambiental, matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, pode resultar em detenção de seis meses a um ano e multa.

A pena é aumentada pela metade se o crime é praticado contra espécie considerada ameaçada de extinção.

(Foto: Divulgação / PMAM)

Números de resgates e capturas

A Polícia Militar também tem registrado aumento exponencial no resgate de outras espécies fora do risco de extinção. Em relação a capturas de répteis, no comparativo do ano passado com o atual, dobrou o resgate de sucuris e quadruplicou o de jabutis.

Seis cobras da espécie sucuri já foram resgatadas na capital em 2020. Em todo ano de 2019 haviam sido três. No mesmo intervalo de tempo, 64 jabutis foram recolhidos pelos policiais, enquanto no ano passado foram 16.

Entre as espécies mais resgatadas estão bichos-preguiça (46), jiboias (42), cúrios (40) e jacarés (30). Mais de 33% dos resgates ocorreram nos 12 bairros que formam a zona oeste de Manaus, com destaque para áreas florestais dos bairros Tarumã, Tarumã-Açu e Ponta Negra.

Denúncias ou pedidos de resgate podem ser feitos pelo contato do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, que atende no (92) 98842-1553 ou 98842-1547, além do 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

(Foto: Divulgação / PMAM)

Publicações relacionadas

Nicolas Maduro, é condenado nos EUA por conspiração narcoterrorista, corrupção e tráfico de drogas

Redação

PF e Força Nacional realizam ação solidária arrecadando cestas básicas para famílias carentes

Redação

P. Figueiredo é o ‘primo rico’ dos repasses federal e estadual, diz Serafim Corrêa

Redação

Deixe uma resposta