Amazonas Destaques Manaus

Assembleia Legislativa garante presença da imprensa e 30% de público externo nas sessões

Uso de máscaras e adoção de medidas de prevenção são obrigatórias

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) autoriza, a partir desta terça-feira (11), a presença de profissionais da imprensa na área reservada aos veículos de comunicação do Plenário Ruy Araújo e libera parcialmente a galeria para a presença de público externo durante as Reuniões plenárias do Poder Legislativo, até o limite de 30% (63 vagas) com responsabilidade e adoção do protocolo de prevenção ao coronavírus (Covid-19).

A medida consta no Ato nº 12/2020 da Mesa Diretora assinado por seis parlamentares, número suficiente para que o ato entre em vigor. Assinaram o documento os deputados Delegado Péricles (PSL), Fausto Junior (PRTB), Josué Neto (PRTB), Cabo Maciel (PL), Augusto Ferraz (DEM) e Roberto Cidade (PV).

De acordo com o deputado Josué Neto (PRTB), presidente da Assembleia, o objetivo é resguardar a participação da população a partir do mesmo critério adotado para os templos religiosos, que seguindo o protocolo de segurança da OMS (Organização Mundial da Saúde) estão realizando cultos com responsabilidade e resguardando a vida da população.

“Não há como liberar a imprensa sem liberar a população. Da mesma forma que a própria Assembleia Legislativa aprovou a participação de 30% da capacidade de público nas igrejas e templos para os cultos, da mesma forma esse índice de 30% foi resguardado e utilizado para a participação da população nas nossas sessões”, disse o presidente da Aleam.

Vagas
O número de 63 vagas disponíveis corresponde a 30% da capacidade total de lotação da galeria que é de 210 pessoas.

Prevenção

Desde março a Assembleia Legislativa vem restringindo o acesso do público externo ao Parlamento para evitar contágio dos servidores pelo novo coronavírus. No último dia 22 de julho, o Poder Legislativo, por meio, de um Ato da Mesa Diretora limitou o número de pessoas nas dependências do plenário Ruy Araújo.

Cuidados Essenciais

Segundo informações do Diretor-geral do Parlamento, Wander Motta, medidas serão adotadas para proteger a população que quiser participar das sessões. Será obrigatório o uso de máscaras e profissionais do Centro de Saúde deverão aferir a temperatura corporal dos visitantes na entrada da galeria.

Publicações relacionadas

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Redação

Saída dos Estados Unidos da OMS ocorrerá em julho de 2021

Redação

Prefeito de Manaus integra evento internacional que reúne artistas em defesa pela Amazônia

Redação

Deixe uma resposta