Manaus Destaques

Arthur Neto decreta ‘estado de emergência’, após 1° caso de novo coronavírus em Manaus

Após a confirmação do primeiro caso de Covid-19, em Manaus, o prefeito Arthur Virgílio Neto, declarou que deve ainda nesta sexta-feira (13) declarar estado de emergência no município.

A medida administração facilita a busca por recursos junto ao Ministério da Saúde e outros fornecedores. “A primeira medida será decretar estado de emergência, o que vai facilitar e muito nossas tratativas, e o que for necessário fazer para combater o vírus”, declara Arthur.

Ainda segundo Arthur, levando em conta que os idosos são o principal grupo de risco do novo coronavírus, a outra medida da prefeitura será antecipar a primeira parcela do 13° salário de aposentados e pensionista, que seria em julho, para o próximo dia 24 de março.  “Queremos garantir a tranquilidade financeira dessas pessoas”, explicou o prefeito.

E por último, Neto pediu que a população evite aglomerados com mais de 100 pessoas, o que ajuda na propagação do vírus.

Publicações relacionadas

’Trabalho para ter um bom lugar na história’, diz Arthur ao cumprir último ano de gestão

Redação

TURISMO & ESPORTE: UMA SIMBIOSE PERFEITA

Redação

Lei Geral de Proteção de Dados é adiada para maio de 2021

Redação

Deixe uma resposta