Manaus Destaques

Arthur Neto decreta ‘estado de emergência’, após 1° caso de novo coronavírus em Manaus

Após a confirmação do primeiro caso de Covid-19, em Manaus, o prefeito Arthur Virgílio Neto, declarou que deve ainda nesta sexta-feira (13) declarar estado de emergência no município.

A medida administração facilita a busca por recursos junto ao Ministério da Saúde e outros fornecedores. “A primeira medida será decretar estado de emergência, o que vai facilitar e muito nossas tratativas, e o que for necessário fazer para combater o vírus”, declara Arthur.

Ainda segundo Arthur, levando em conta que os idosos são o principal grupo de risco do novo coronavírus, a outra medida da prefeitura será antecipar a primeira parcela do 13° salário de aposentados e pensionista, que seria em julho, para o próximo dia 24 de março.  “Queremos garantir a tranquilidade financeira dessas pessoas”, explicou o prefeito.

E por último, Neto pediu que a população evite aglomerados com mais de 100 pessoas, o que ajuda na propagação do vírus.

Publicações relacionadas

Projeto de Lei que pretende convocar policiais da reserva no AM aguarda novo parecer em comissão na Assembleia

Redação

Exploração da pandemia está contra a candidatura de Ricardo Nicolau

Redação

Plasma de pacientes curados de covid-19 será usado no tratamento da doença

Redação

Deixe uma resposta