Amazonas Destaques Manaus

Arthur Neto critica Wilson Lima por reabertura ‘apressada’ do comércio

Manaus -O prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto criticou nesta sexta-feira, 18, os “apressados” que determinaram a reabertura do comércio em plena pandemia do novo coronavírus. A fala faz referência do governador Wilson Lima que, em final de maio, afirmou que a “vida precisa voltar à normalidade”, quando anunciou a retomada das atividades econômicas.

(Foto/Divulgação/Semcom)

Nesta sexta-feira, na coletiva que anunciou medidas para conter o aumento de caso de Covid-19 o prefeito frisou que “quando apressados deram por encerrado a etapa da Covid-19, estes apressados cometeram grave erro. Estimularam pessoas a irem para as ruas desprotegidas e à mercê do que estamos vendo hoje”.

Arthur Neto frisou que combateu esta pressa pela retomada das atividades. “Eu combati, falei, fiz ‘live’, dizendo que eu não acreditava que (a pandemia) ficasse por aquilo por uma razão bem simples: nós não cumprimos uma etapa efetiva de isolamento social, nós não cumprimos”, afirmou.

O prefeito reiterou mais de uma vez que a reabertura da economia foi precipitada. “Houve, inclusive, aberturas de shoppings no início do processo de abertura, quando eu entendia que shopping deveria ser a última coisa, até pelo ar viciado que corre lá dentro, então eu avisei muito, cansei de avisar. Eu optei sempre pela sobriedade.
Pela minha experiência, pela minha vivência e a minha idade indicam, não tenho direito de errar tanto. Tenho obrigação poder prever as coisas, de saber quais os terrenos minados que devemos evitar pela nossa população”, disse.

Publicações relacionadas

JORNALISTA É CENSURADO PELO GOVERNO DO AMAZONAS POR DENUNCIAR FALTA DE EQUIPAMENTOS PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Redação

Dupla morre em confronto com a Rocam, no Bairro da Paz

Redação

Polícia Civil deflagrou operação que resultou na apreensão de meia tonelada de drogas, em Japurá

Redação

Deixe uma resposta