Sem categoria

Arregão: Após pressão Moraes libera acesso de interessados aos autos do inquérito inconstitucional que apura fake news

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), depois de muita pressão, assegurou o acesso, de advogados de interessados, aos autos do Inquérito (INQ) 4781, inconstitucional, que apura fake news, ofensa e ameaças a integrantes da Corte.

Em decisões proferidas na última sexta-feira (29/5) e ontem (1º/6), o relator deferiu pedidos formulados pelo ministro da Educação Abraham Weintraub, pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) e por Reynaldo Bianchi Júnior, Allan Lopes dos Santos, Bernardo Pires Kuster, Edgard Gomes Corona, Luciano Hang, Marcos Domingues Bellizia e Otavio Oscar Fakhoury.

Os advogados terão conhecimento integral das investigações relacionadas a seus clientes e, em razão do caráter sigiloso dos autos, o acesso deverá ser previamente agendado junto ao gabinete do ministro e será fornecida cópia digitalizada, com aposição de marca d´água identificando o destinatário, que deverá manter o sigilo.

Inconstitucional porque fake news não é crime tipificado no código penal e o STF atropelou o MPF.

Veja a íntegra dos despachos:

– Vista Abraham Weintraub
– Vista Carla Zambelli e Reynaldo Bianchi Júnior
– Vista Allan Lopes dos Santos, Bernardo Pires Kuster, Edgard Gomes Corona, Luciano Hang, Marcos Domingues Bellizia e Otavio Oscar Fakhoury

Publicações relacionadas

Decisão judicial reforça necessidade de medidas para que terceirizados da saúde recebam salários, afirma Wilson Lima

Redação

Dois homens são encontrados mortos dentro de carro em Manaus; terceira vítima foi socorrida, diz polícia

Redação

Pesquisa aponta que exploração de gás pode causar terremotos em Manaus; Ministério de Minas e Energia nega

Redação

Deixe uma resposta