Brasil Destaques Política

Aras pede que PF ouça ministros citados por Moro em provas contra Bolsonaro

Nesta segunda-feira (4), o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorize novas diligências no inquérito que apura suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

As medidas vão ser analisadas por Celso de Mello, ministro relator do caso no STF. Aras pede também o envio de cópia dos “registros audiovisuais” de uma reunião entre Bolsonaro, ministros e presidentes de bancos públicos no Palácio do Planalto, em 22 de abril, com o objetivo de comprovar que Bolsonaro teria cobrado nesta reunião a substituição do diretor-geral da PF.

fontes:portaldoholanda

Publicações relacionadas

Inscrito no Bolsa Família pode contestar auxílio emergencial negado

Redação

Josué pede providências da Secretaria de Segurança Pública sobre o roubo de notebook com dados da CPI da Saúde

Redação

Cievs já realizou o monitoramento de 1.420 notificações de Covid-19

Redação

Deixe uma resposta