Brasil Destaques Política

Aras pede que PF ouça ministros citados por Moro em provas contra Bolsonaro

Nesta segunda-feira (4), o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorize novas diligências no inquérito que apura suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

As medidas vão ser analisadas por Celso de Mello, ministro relator do caso no STF. Aras pede também o envio de cópia dos “registros audiovisuais” de uma reunião entre Bolsonaro, ministros e presidentes de bancos públicos no Palácio do Planalto, em 22 de abril, com o objetivo de comprovar que Bolsonaro teria cobrado nesta reunião a substituição do diretor-geral da PF.

fontes:portaldoholanda

Publicações relacionadas

Pessoas com deficiência visual terão leitura em tela na prova do Enem

Redação

Manaus ficará mais colorida com mudas de bouganville em logradouros públicos

Redação

Sindicato dos Jornalistas do AM e ANJ manifestam apoio a jornalista agredido

Redação

Deixe uma resposta