Amazonas Destaques

Após réveillon, agência bancária amanhece com marcas de sangue e vira mistério entre moradores de cidade no interior do AM

Caixa eletrônico em agência bancária de Maués — Foto: Divulgação/PM

Caixa eletrônico em agência bancária de Maués — Foto: Divulgação/PM

No primeiro dia do ano de 2020, uma agência bancária da cidade de Maués, a 259 Km de Manaus, amanheceu cheia de sangue espalhado pelo local. As fotos com um caixa eletrônico coberto e de marcas de mão em uma parede viraram “mistério” entre moradores da área.

Nesta quinta-feira, a PM esclareceu o caso: uma aposentada, com um ferimento na cabeça, foi até ao banco durante a madrugada do dia 1º e acabou deixando os rastros. A polícia investiga se a mulher foi vítima de agressão.

Na quarta-feira, diversos moradores do município foram até a agência e ficaram assustados com sangue que foi encontrado espalhado pela agência.A Polícia Militar foi acionada e registrou as fotos, que mostram a grande quantidade do sangue espalhado pela pequena agência.

Marcas de sangue foram encontradas na parede da agência — Foto: Divulgação/PM

Marcas de sangue foram encontradas na parede da agência — Foto: Divulgação/PM

De acordo com o tenente Piccolotto, da 10ª CIPM, a mulher que teve a cabeça ferida é uma aposentada conhecida na região. Ela já foi identificada pela polícia e prestou depoimento nesta quinta-feira (2).

“[A responsável pelo sangue] é uma senhora de idade que é andarilha e tem problemas mentais. Ela apareceu com um sangramento abundante na cabeça. Ninguém sabe se ela foi agredida ou se caiu, pois estava muito embriagada e não lembra de nada. O banco não apresentou nenhuma denúncia ou reclamação, até agora. Ela já foi ouvida, explicou o que aconteceu para a Polícia Civil”, contou.

Marcas de sangue foram encontradas na agência — Foto: Divulgação/PM

Marcas de sangue foram encontradas na agência — Foto: Divulgação/PM

Além da agência bancária, também foram encontradas marcas de sangue na porta da delegacia do município e de um carro da polícia. A mulher foi até o local para buscar atendimento, mas não há plantão durante a madrugada na unidade.

Em nota, a Caixa informou que em relação ao incidente na agência Maués, a agência bancária colabora de forma irrestrita com as investigações das autoridades policiais. “O banco esclarece que as informações sobre eventos em suas unidades são repassadas exclusivamente as autoridades policiais”, diz trecho da nota.

A agência de Maués foi higienizada após a ocorrência e se encontra com atendimento normal.

Publicações relacionadas

Mãe é presa após confessar ter queimado filho com óleo quente

Redação

O mundo perdeu um grande defensor do meio ambiente.

Redação

Cinco são presos temporariamente durante operação da PF, nesta quinta

Redação

Deixe uma resposta