Amazonas Destaques

Após primeira morte por Covid-19 no AM, MP recomenda ‘Toque de Recolher’, em Parintins

Após primeira morte por Covid-19 no AM, MP recomenda ‘Toque de Recolher’, em Parintins

Recomendação feita ao prefeito de Parintins é para que ‘Toque de Recolher’ inicie nesta quarta (25)

Após primeira morte por Covid-19 no AM, MP recomenda 'Toque de Recolher', em Parintins

MP/AM recomenda ‘toque de recolher’ em Parintins

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM – O Ministério Público do Amazonas (MP/AM) recomendou ao prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB) que decrete toque de recolher no município a partir desta quarta-feira (25/03), no horário compreendido entre 20h às 6h, pelo período de 15 dias.

A recomendação emitida hoje (24/03) pelo MP/AM é assinada pelas promotoras de Justiça, Eliana Leite Guedes do Amaral e Marina Campos Maciel. Nesta terça (24) foi confirmada a primeira morte por Covid-19 no Amazonas. O paciente era de Parintins.

Um dos objetivos do decreto é evitar a aglomerações de pessoas nas ruas, a fim de evitar a disseminação da doença.

O MP fundamentou a recomendação com base em medidas mais rígidas adotadas por três municípios brasileiros: “(Maringá, Itapólis, Cachoeirinha); com base nas disposições da Lei federal 13.979/20202, que decretaram Toque de Recolher em seus limites territoriais, com vistas a contenção da propagação do novo coronavírus, por meio do isolamento social”.

O Ministério Público aconselha o Executivo que o decreto contenha a advertência que aquele que descumprir o decreto responderá pela prática de crime contra a saúde pública e multa no valor de R$ 300 e o dobro em caso de reincidência.

O toque de recolher não deverá atingir aqueles que desempenhem atividade essenciais.

RECOMENDAÇÃO MP/AM NA ÍNTEGRA

Publicações relacionadas

Simeam irá até ao TJAM para mudar comissão

Redação

Wilson Lima anuncia indenização para mais duas mil famílias do bairro Educandos

Redação

Max Teixeira será interditada em dois finais de semana para avanço em obra do Manoa

Redação

Deixe uma resposta