Amazonas Destaques Manaus

Após arquivamento do impeachment, atenção agora é para eleição de prefeito

🔻 Pré-candidatos à Prefeitura de Manaus focam na escolha do vice e nas articulações para terem mais tempo de TV

🔻 Pesquisa mostra avanço de Amazonino, queda de David e leve reação de José Ricardo

Depois do arquivamento em definitivo do processo de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida Filho (PTB) na Aleam, as atenções do meio político amazonense se voltam agora para as articulações políticas dos pré-candidatos em busca do nome para vice. O PSB, de Marcelo e Serafim Corrêa, e o Solidariedade, de Bosco Saraiva, fecharam com Ricardo Nicolau do PSD. Mas o vice de Ricardo deve ser do PSL, que deve anunciar apoio nos próximos dias. O nome mais cotado é do deputado estadual Delegado Péricles, presidente da CPI da Saúde. Amazonino Mendes, que lidera isolado todas as pesquisas, intensificou os contatos nos últimos dias e tem várias opções, mas só vai decidir às vésperas das convenções, que começam dia 31 e vão até dia 16 de setembro.

David corre atrás de parceiros

David Almeida (Avante) ficou numa situação complicada porque os grandes partidos, que lhe dariam tempo de TV, estão seguindo outros caminhos. José Ricardo (PT), sem o PSB, vai procurar o PCdoB, de Vanessa Grazziotin, uma vez que já tem o Psol ao seu lado. Vai buscar também o apoio da Rede Sustentabilidade. Alberto Neto (Republicanos) também costura a escolha do vice, mas até agora vem sendo atropelado por Ricardo Nicolau.  Resta saber se o prefeito Artur Neto (PSDB) vai lançar candidato ou indicará Conceição Sampaio como vice de algum candidato.

Pesquisa mostra liderança de Amazonino

Pesquisa do Instituto Pontual divulgada nesta sexta-feira (7) mostra que Amazonino Mendes (Podemos) subiu de 29,9% para 31,7% em um mês. David Almeida (Avante) se mantém em segundo, mas registrando queda. Passou de 17,7% para 12,3%. José Ricardo reagiu e assumiu o terceiro lugar com 5,5% ultrapassando o capitão Alberto Neto (Republicanos) que ficou na quarta posição com 4,8% das intenções de voto.

Preferência pela experiência

A Pesquisa do Instituto Pontual, revela que 49,2 dos entrevistados prefere a experiência no embate direto com o novo. Apenas 19,1% é favorável ao novo no cenário previsto para a disputa eleitoral desse ano.

Segundo turno indefinido

O fato é que o nome para disputar a segunda vaga de um segundo turno com Amazonino Mendes, como indicam as pesquisas recentes, está indefinido e terá êxito quem tiver mais força política e fizer a campanha mais efetiva e inteligente na TV e nas redes sociais.

Lista de pré-candidatos diminui

Três pré-candidatos já jogaram a toalha: Delegado Pablo, Serafim Corrêa, Bosco Saraiva. Nas próximas duas semanas é esperada a desistência de mais dois pré-candidatos que se tornariam vice. Após às convenções, teremos de fato de 13 a 15 candidatos disputando a cadeira Número Um da Prefeitura de Manaus.

Campanha na TV

A campanha eleitoral na TV começa dia 27 de setembro. Nesse mesmo dia também os candidatos aprovados nas convenções podem iniciar as campanhas nas redes sociais pedindo voto.

Medo dos pais

Muitos pais estão apreensivos com a volta das aulas nas escolas públicas, definidas pelo governo para o dia dez de agosto. Apesar da Secretaria de Educação garantir que todos os cuidados estão sendo tomados, muitos pais estão na dúvida para mandar os filhos de volta às escolas.

Balanço de Arthur

O prefeito Arthur Neto fez um balanço das doações recebidas de alguns países, após o apelo que ele fez em maio, quando lançou a campanha “SOS Amazônia”. O movimento ganhou força com a participação da ativista ambiental sueca Greta Thumberg. As doações foram transformadas no enfrentamento a Covid-19, com a compra de máscaras, de cestas básicas, distribuição de roupas a moradores de rua, entre outras.

Amazônia queima

Enquanto várias nações manifestam preocupação com as ameaças concretas a preservação da Amazônia, no Amazonas as manifestações políticas sobre o assunto são extremamente tímidas e na maioria das vezes servem apenas para discursos de praxe. Enquanto isso a destruição avança com os garimpos ilegais, queimadas e exploração ilegal de madeira

Publicações relacionadas

Adolescente de 15 anos tem parto de emergência em frente a supermercado no interior do AM

Redação

Em sessão virtual inédita, Senado aprova decreto de calamidade pública por covid-19 no Brasil

Redação

Bolsonaro está curado do covid-19 e cloroquina vira pesadelo do grupo Globo

Redação

Deixe uma resposta