Sem categoria

Apoio do Exército permitirá vacinar 267 mil pessoas acima de 50 anos, afirma David Almeida

O prefeito de Manaus, David Almeida, reuniu-se com o comandante do Comando Militar da Amazônia (CMA), general Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, na manhã desta segunda-feira, 15/2, para tratar da parceria para reforçar a vacinação contra a Covid-19 das pessoas com mais de 50 anos.


“Manaus já é a primeira, em percentual, para vacinação, e, com a ajuda do Comando Militar, nós vamos ampliar nossa capacidade. Esse público acima dos 50, abaixo dos 70 anos, compreende mais de 260 mil pessoas que nós queremos vacinar em cerca de 20 dias”, afirmou o prefeito David Almeida.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), representada na reunião pela chefa da Divisão de Imunização da Semsa, Isabel Hernandez, informou que o público-alvo do grupo de 50 a 69 anos é de 267.943 pessoas. Essas pessoas, que, segundo o Plano Nacional de Operacionalização da vacina contra a Covid-19, são divididas em quatro grupos para vacinação (50 a 54; 55 a 59; 60 a 64; 65 a 69 anos), serão imunizadas respeitando o esquema diário referente a data de aniversário.

“Nós decidimos que vamos manter a estrutura que já existe na prefeitura, naturalmente ampliando de acordo com a orientação do Ministério da Saúde (MS), de vacinar a faixa acima dos 50 anos. Vamos apoiar com a capacidade logística, mão de obra, digitadores, vacinadores, auxiliares, para agilizar esse processo de vacinação”, comentou o comandante do CMA, general Estevam Theophilo de Oliveira.

Vacinas

Para atender a essa nova etapa de vacinação, a Prefeitura de Manaus aguarda o envio de, pelo menos, mais 530 mil doses de vacina pelo MS.

Dependendo da marca da vacina, o intervalo entre as doses será de 28 dias para vacinados com CoronaVac/Butantan e de 90 dias para os vacinados com AstraZeneca/Oxford.

“Temos a sinalização do ministro Pazuello de que até o dia 22 o Amazonas receberá novas doses de vacina, portanto, nos antecipamos, criando as condições logísticas para que a vacinação ocorra tão logo tenhamos as vacinas em Manaus”, afirmou David Almeida.

— — —

Texto – Maryane Maia / Semcom

Imagens – Dhyeizo Lemos / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aH

Publicações relacionadas

Maioria dos deputados federais do Amazonas diz “sim” à volta das coligações

Redação

“Se ele defendesse nosso estado com o mesmo vigor que defendia sua propina, nosso estado estaria infinitamente melhor”, disse um fã para o Senador Omar Aziz, nas redes sociais, veja

Redação

Arregão: Após pressão Moraes libera acesso de interessados aos autos do inquérito inconstitucional que apura fake news

Redação