Amazonas Destaques Manaus

Amazonas já pagou R$ 570 mil por motos em desuso

Manaus – Um vídeo divulgado nas redes sociais mostrou que, antes de serem entregues, as 60 motocicletas alugadas para o projeto Rocam Motos, e que deveriam fazer parte do patrulhamento da cidade, estavam em completo abandono, desde janeiro deste ano. Na terça-feira (14), o Programa Amazonas Diário, do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC), mostrou que a empresa ACB Locadora já recebeu R$ 570 do governo do Amazonas, de um total de R$ 5,2 milhões de contrato.

Motocicletas estavam desde dezembro de 2019 no pátio da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Foto: Laurismar Sampaio/GDC)

Nas imagens é possível ver as motocicletas em um pátio da sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM). Segundo dados do Portal da Transparência, o contrato, de número 043 foi firmado entre o governo e a empresa locadora de veículos no dia 7 de novembro de 2019 para vigorar pelo período de dois anos.

Após o vídeo ser divulgado, as motos foram apresentadas pela SSP-AM, e deverão auxiliar no patrulhamento de Manaus. Segundo o secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Louismar Bonates, um dos motivos para a suspensão das apresentações das motocicletas foi a pandemia de Covid-19. “Veio o problema da pandemia e nós temos primeiro a responsabilidade com nosso policial, com a saúde do nosso policial. Nós não poderíamos ser irresponsáveis em colocar policiais, trabalhando em dupla, arriscando sua vida. O projeto estava pronto para ser lançado, faltava apenas a liberação da saúde, por causa da pandemia”, explicou Bonates.

Os policiais já participaram de treinamentos desde setembro passado. O projeto deveria ter sido lançado em dezembro de 2019, mas a previsão, segundo o secretário de Segurança, é para o fim de julho ou início do próximo mês.

Segundo o coronel reformado da Polícia Militar, Ubirajara Rosses, já existem policiais capacitados para execução do projeto, e operacionalização da companhia de motos, dentro da Rocam. Ele destaca ainda que o policiamento de motocicleta, no Brasil, é o que mais surte efeito, por conta da facilidade de locomoção.

“Já existe o policial, capacitação, já existe tudo que a gente precisa, o que estava faltando era uma vontade política. Em relação à apresentação das motocicletas, a gente percebe que é algo sem preparação, sem planejamento, que realmente corrobora com a destruição, com a incapacidade que é o governo”, destacou o coronel Rosses.

O contrato firmado pelo governo do Amazonas e a empresa ACB Locadora também garante a troca de peças e manutenção, entre outros serviços. A SPP-AM destaca ainda que o projeto tem o objetivo de dar rapidez ao atendimento do cidadão, em qualquer área da capital.

Publicações relacionadas

Prefeitura inaugura árvore de Natal sustentável na Max Teixeira

Redação

Prefeitura de Manaus já vacinou mais de 10% da população

Redação

Manaus já tem 14 pré-candidatos a prefeito

Redação