Amazonas Destaques Manaus

Amazonas ganha a primeira balsa processadora de açaí para produção de polpa

O empreendimento é da empresa Bertolini da Amazônia e foi autorizado pelo Ministério da Agricultura

A agroindústria flutuante tem capacidade para processar 20 toneladas de açaí por dia

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) registrou o primeiro estabelecimento móvel produtor de bebidas do Brasil. O registro, feito nesta quinta-feira (6), somente foi possível após a publicação da Instrução Normativa nº 04/2021, que alterou a IN nº 72/2018. A balsa processadora de açaí pertence à empresa Bertolini da Amazônia Ltda.
A instalação de agroindústrias em unidades móveis viabiliza a produção em regiões onde há lavouras de frutas, mas que não dispõem de adequada estrutura de industrialização.
“O registro de estabelecimentos móveis permite o acesso à regularização da produção de bebidas em localidades de difícil provimento de serviços públicos, sem dispensar os controles e condições higiênico-sanitárias exigidos para qualquer outro estabelecimento de bebidas”, destaca o coordenador-geral de Vinhos e Bebidas da Secretaria de Defesa Agropecuária, Carlos Muller.
A agroindústria móvel conta com uma linha de produção completamente automatizada, com capacidade de processamento de 20 toneladas de frutos e 12 toneladas de polpa congelada de açaí por dia. Além disso, tem três câmaras frigoríficas com capacidade para 300 toneladas de armazenamento.
“O açaí é um fruto que tem o tempo de vida muito curto e isso sempre foi uma dificuldade no estado do Amazonas, onde as distâncias são medidas em dias de navegação. O registro da balsa junto ao Mapa vai permitir levarmos a fábrica aos locais onde existe o fruto e que, até então, não tinha como escoar essa produção. Teremos o ganho de qualidade no nosso produto”, destaca o assistente do grupo Bertolini, Fábio Gobeth.
Além do açaí, outros frutos também podem ser processados pela agroindústria móvel como cupuaçu, taperebá, acerola, camu-camu, abacaxi, melancia, araçá, graviola, manga, maracujá, bacaba, patauá, goiaba e caju.

Publicações relacionadas

O espetáculo “Bicharada: na saga do som” estreia dias 08 e 09 de maio no Portal de Artes MeVer

Redação

Roberto Jefferson denuncia mais um ato criminoso de Maia contra o erário publico

Redação

Assembleia Legislativa compra EPIs para aumentar segurança contra Covid-19

Redação