Amazonas

Alerta de temporais incluem 30 cidades do Amazonas, informa o Inmet

SÃO PAULO – A região Nordeste do Brasil pode receber uma semana de chuvas fortes, que devem atingir os estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Piauí. Tempestades intensas também são previstas para muitos municípios do Norte.

Uma massa de ar vinda do Oceano Atlântico se desloca para o continente, transportando umidade e reduzindo as temperaturas. Neste cenário, o clima a partir desta manhã se torna bastante instável em regiões costeiras, com alertas de chuvas intensas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

A situação demanda cuidados, pois são esperadas chuvas entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia. Em virtude disso, há riscos de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios em zonas urbanas.

O Inmet estima que os pontos mais afetados serão as regiões metropolitanas de Recife (PE) e João Pessoa (PB), assim como muitos municípios do leste do Rio Grande do Norte. Rajadas de vento de 40 a 55 km/h podem se estender do território potiguar até o Ceará.

Por outro lado, há possibilidade de chuvas moderadas e fortes em Salvador, Maceió, Aracaju e no interior do estado de Pernambuco, apontou o site Climatempo. Além de pancadas de chuva e trovoadas em São Luís, no Maranhão, e nas zonas costeiras do Piauí e de Manaus e no oeste do Acre.

Já no Norte do país, existe risco de temporais em Boa Vista (RR), Belém (PA) e Macapá (AM). O fenômeno também deve se estender até o norte do Amazonas, deixando mais de 30 cidades e comunidades ribeirinhas em alerta em razão das cheias dos rios.

Outras regiões

De acordo com o Climatempo, a massa de ar seco deve predominar entre as regiões Centro-Oeste e Sudeste, gerando queda expressiva nos índices de umidade do ar.

Além disso, muitos habitantes do centro-sul sentirão a partir desta madrugada o enfraquecimento do ar frio de origem polar. Não há previsão de chuva para várias capitais, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Cuiabá, Goiânia, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre.

Devido ao deslocamento da tempestade Yukecan para o oceano, o frio intenso deve se tornar mais ameno ao longo da semana. Na capital paulista, os termômetros devem registrar mínima de 11ºC e máxima de 25ºC hoje. E tendem a aumentar nos próximos dias, com mínimas de 15ºC e máxima de 26ºC na quarta-feira (25).

No Rio de Janeiro, a temperatura máxima pode chegar a 29ºC na quarta-feira, mas a mínima permanece em torno de 14ºC até sexta-feira (27), pois no fim de semana pode subir para 21ºC. Já em Belo Horizonte, as temperaturas mínimas devem ficar em 11ºC e as máximas em 24ºC.

No entanto, a nebulosidade estará presente na região sudeste, especialmente em alguns pontos do sul de Minas Gerais e na região serrana de Santa Catarina. As cidades de Porto Alegre e Caxias do Sul terão uma manhã marcada por nevoeiro, mas o efeito deve se dissipar com a chegada do sol.

Para o oeste do Paraná, sul do Mato Grosso do Sul e Vitória (ES), há possibilidade de chuva isolada ao longo do dia. Em contrapartida, Brasília (DF) permanece com o tempo firme e seco.

As temperaturas em Porto Alegre ficarão entre 10ºC, a mínima para hoje, e podem chegar a 17º até o fim de semana. As máximas chegarão a 23ºC e podem variar para 27ºC a partir de sábado (28). Em Florianópolis, a mínima será de 15ºC e a máxima em 25ºC. Em Curitiba, entre 10ºC e 21ºC.

Publicações relacionadas

Pista do Detran em Manaus é teste para habilidade de motoristas e resistência de carros

Redação

Grávidas recebem enxoval do programa ‘Abraço Solidário’ em Manaus

Redação

Azul Linhas Aéreas deve devolver taxa de cancelamento cobrada indevidamente, recomenda MPF

Redação

Deixe um comentário