Amazonas Destaques Manaus

Aleam se solidariza com a conselheira Yara Lins e ao deputado Fausto Jr. pelos ataques sofridos após sua ida a CPI do “Maus Caminhos”

O deputado estadual Fausto Júnior (MDB) justificou a ausência dele numa entrevista, que aconteceria no dia (5/07), no canal de uma youtuber, pelo fato da mãe dele, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Yara Lins, ter passado muito mal e ter sido internada às pressas.

A justificativa foi lida pela própria blogueira Antônia Fontenelle, que afirmou que Fausto estava sem cabeça para falar com ela.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?client=ca-pub-9508374237408663&output=html&h=345&adk=941235375&adf=537247900&pi=t.aa~a.373172357~i.7~rp.4&w=414&lmt=1626424768&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=3432251426&tp=site_kit&psa=0&ad_type=text_image&format=414×345&url=https%3A%2F%2Fchumbogrossomanaus.com.br%2Faleam%2Faleam-se-solidariza-com-a-conselheira-yara-lins-e-ao-deputado-fausto-jr-pelos-ataques-sofridos-apos-sua-ida-a-cpi-do-maus-caminhos%2F&flash=0&fwr=1&pra=3&rh=312&rw=374&rpe=1&resp_fmts=3&sfro=1&wgl=1&fa=27&dt=1626425066963&bpp=5&bdt=2459&idt=-M&shv=r20210712&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D47ceaab9805a4aa8-22a0ccdfc57a007c%3AT%3D1626425065%3ART%3D1626425065%3AS%3DALNI_MaevqEAlrE4dwxXDZoZkqNR8plYjQ&prev_fmts=0x0&nras=2&correlator=6525041293958&frm=20&pv=1&ga_vid=831632368.1626425066&ga_sid=1626425066&ga_hid=1095636366&ga_fc=0&u_tz=-240&u_his=1&u_java=0&u_h=896&u_w=414&u_ah=896&u_aw=414&u_cd=32&u_nplug=0&u_nmime=0&adx=0&ady=1658&biw=414&bih=719&scr_x=0&scr_y=0&eid=31060972%2C31060974%2C31061746&oid=3&pvsid=1815046717668828&pem=292&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C414%2C0%2C414%2C896%2C414%2C719&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=128&bc=31&ifi=2&uci=a!2&btvi=1&fsb=1&xpc=lwGNb7AXRZ&p=https%3A//chumbogrossomanaus.com.br&dtd=9

Yara Lins está sob grande pressão e, segundo Fausto Júnior, tem recebido muitas ameaças. Os problemas da conselheira começaram logo após o deputado prestar depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 do Senado Federal e disse para o presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD), que ele deveria ter sido indiciado por está envolvido em casos de corrupção na Secretaria de Saúde do Governo do Amazonas.

Segundo informações sigilosas recebidas pelo Portal, a família Lins vem sofrendo ataques a mando do senador da maus caminhos.

Publicações relacionadas

Mourão defende política consistente de desenvolvimento econômico para Região Amazônica

Redação

Fornecedora da Seduc tem endereço em hotel

Redação

Mulher é flagrada ao tentar entrar em cadeia de Manaus com texto processual do marido escrito no corpo

Redação