Amazonas Destaques Manaus

Aeroportos do AM foram arrematados por empresa francesa por R$ 420 milhões

Manaus | Os aeroportos de Manaus, Tabatinga , Tefé (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco, Cruzeiro do Sul (AC) e Boa Vista (RR) foram arrematados pelo grupo francês Vinci em leilão de concessões em infraestrutura, na manhã desta quarta-feira (7), que o Ministério da Infraestrutura batizou de InfraWeek. A concessão dos aeroportos tem compromisso de investimento de R$1,4 bilhão, de acordo com o Ministério da Infraestrutura .

O primeiro leilão da Infra Week, como foi batizada a sequência de três dias de leilões de concessões em infraestrutura, vai render ao governo R$ 3,3 bilhões em pagamentos de outorga – o mínimo esperado era de R$ 185 milhões. A licitação realizada nesta quarta-feira (7), na B3, na capital paulista, transferiu para a iniciativa privada três blocos de aeroportos nas regiões Sul, Norte e Centro-Oeste. No total, foram leiloados 22 terminais em 12 Estados.

A grande vencedora dessa primeira disputa foi a CCR, que arrematou os blocos Sul e Central, com ágio que chegou a superar 9.000%. Por meio da subsidiária Companhia de Participação em Concessões, a empresa deu um lance de R$ 2,128 bilhões no lote Sul, com ágio de 1.534%. No lote Central, a oferta foi de R$ 754 milhões, ágio de 9.156%.

O grupo francês Vince Airports venceu o bloco Norte, com uma oferta de R$ 420 milhões, um ágio de 777%. Os vencedores terão de investir R$ 6,1 bilhões ao longo dos 30 anos de investimentos.

Publicações relacionadas

Flutuantes são multados e embargados por diferentes irregularidades em Manaus

Redação

Nova variante pode piorar quadro epidemiológico em Manaus, alerta cientista

Redação

Após duas horas de trabalho, bombeiros controlam incêndio em usina; parte de prédio ficou destruído

Redação