Amazonas Destaques Manaus

A Prefeitura de Manaus anunciou para esta quarta-feira (14) o início da vacinação contra a Covid-19 do grupo prioritário formado por residentes, estagiários e acadêmicos dos últimos anos de formação de cursos de saúde, cujas atividades pedagógicas estavam suspensas devido ao agravamento da pandemia da doença e que agora retomam ao campo de estágio. A vacinação será na Universidade Nilton Lins, localizada no bairro de Flores, zona Sul.

Em Manaus, devem ser vacinados estudantes da área de saúde de nível superior e de nível médio, conforme as diretrizes da Campanha Nacional de Vacinação contra o coronavírus, que define que esses acadêmicos são trabalhadores de saúde.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), este grupo é formado por acadêmicos, estagiários, residentes em saúde e estudantes da área técnica em estágio curricular obrigatório na área hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios, selecionados de acordo com o nível de exposição e o tempo de atendimento nos serviços de saúde.

Ainda conforme a Semsa, os alunos foram inseridos na plataforma Imuniza Manaus https://imuniza.manaus.am.gov.br/. Eles devem entrar para verificar o seu agendamento. É necessário levar um documento de identificação com foto e o CPF para comprovar as informações e receber a vacina contra a Covid-19.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Os acadêmicos foram identificados pelos estabelecimentos de ensino. São profissionais de nível médio e superior que se expõem ao coronavírus e por isso estão mais vulneráveis.

“A Semsa solicitou das instituições de ensino em saúde o envio de listas nominais indicando o curso, o período e a garantia de que o acadêmico está matriculado e frequentando as aulas no respectivo curso. A responsabilidade do envio das listas seguindo esses critérios é das instituições de ensino”, informou a secretaria.

Os demais acadêmicos e estagiários dos cursos da área da saúde, que não se enquadram nas atividades definidas pelo Ministério da Saúde, devem ser vacinados conforme o andamento da Campanha Nacional de Vacinação, segundo o ordenamento descrito no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

Publicações relacionadas

TCE-AM aprecia 40 processos nesta sexta (27)

Redação

Jibóia de quase dois metros é encontrada em banca de frutas

Redação

Nova CPI da ALE amplia investigação na saúde

Redação