Amazonas Manaus

265 aldeias indígenas vão receber vacinas contra Covid-19 no AM

Doses começarão a ser distribuídas por aeronaves a 21 municípios do estado e, a partir daí, serão levadas a outras cidades com acesso pelos rios.

A vacina contra a Covid-19 será distribuída para 265 aldeias indígenas em 16 municípios do Amazonas, informou a Secretaria da Saúde. De acordo com o coordenador do Dsei, embarcações de grande porte serão as bases para as lanchas rápidas levarem as equipes e as vacinas a todas as aldeias.

O coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena de Manaus (Dsei), Januário Neto, afirmou que a população de indígenas no estado é de 30.240 e, em um primeiro momento, 15.300 serão vacinados. A primeira pessoa a receber a vacina no Amazonas foi justamente uma indígena, a enfermeira Vanda Ortega.

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou a Manaus na noite de segunda-feira, com 256 mil doses da CoronaVac. Em todo o Amazonas, mais de 230 mil pessoas foram infectadas pela Covid, e mais de 6 mil morreram com a doença.

Vacinação no interior

De acordo com o governo do estado, primeiramente, as doses serão levadas a 21 municípios do Amazonas que podem receber os lotes por meio de aeronaves. Em seguida, ainda nesta terça-feira, elas devem ser distribuídas para os demais municípios com acesso por rios.

As doses serão entregues para as Secretarias Municipais de Saúde e Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI). As equipes de vacinação de cada município serão responsáveis pelos cronogramas e atendimentos para a população.

Para o trabalho, o governo do estado informou ainda que 495 salas de vacinas dos 62 municípios do Estado já estarão abertas a partir desta terça-feira.

Vanda Ortega é indígena do povo witoto, 33 anos, é técnica em enfermagem. Nasceu no município de Amaturá, na calha do rio Solimões.

Campanha de Vacinação

O Plano Operacional da Campanha de Vacinação foi iniciado na segunda (18). Para a primeira fase de vacinação, serão contemplados os trabalhadores da saúde, população indígena aldeada maior de 18 anos e idosos acima de 60 anos vivendo em asilos, além de idosos acima de 75 anos receberão a vacina.

O estoque de vacina atual entregue ao Amazonas pelo Ministério da Saúde (MS) na segunda (18) é suficiente para aplicar a primeira e a segunda dose em 128 mil pessoas dos grupos prioritários, conforme o governo. A segunda dose ficará disponível após 28 dias.

Campanha de Vacinação

O Plano Operacional da Campanha de Vacinação foi iniciado na segunda (18). Para a primeira fase de vacinação, serão contemplados os trabalhadores da saúde, população indígena aldeada maior de 18 anos e idosos acima de 60 anos vivendo em asilos, além de idosos acima de 75 anos receberão a vacina.

O estoque de vacina atual entregue ao Amazonas pelo Ministério da Saúde (MS) na segunda (18) é suficiente para aplicar a primeira e a segunda dose em 128 mil pessoas dos grupos prioritários, conforme o governo. A segunda dose ficará disponível após 28 dias.

Publicações relacionadas

Urgente: Marcelo Freixo do PSOL chama de assassinos os cabeleireiros, barbeiros e donos de academias e diz que eles matarão milhões de brasileiros ao voltar ao trabalho, veja

Redação

Pazuello anuncia antecipação de vacina em Manaus na faixa dos 50 anos

Redação

Promoções da Black Friday no AM devem ser por venda online e drive-thru

Redação

Deixe uma resposta