Amazonas Destaques Manaus Polícial

Ao sair para comprar pão, pedreiro é assassinado com mais de dez tiros em beco na Compensa em Manaus

Ao sair para comprar pão, pedreiro é assassinado com mais de dez tiros em beco na Zona Oeste de Manaus  — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM
Ao sair para comprar pão, pedreiro é assassinado com mais de dez tiros em beco na Zona Oeste de Manaus  — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

Ao sair para comprar pão, pedreiro é assassinado com mais de dez tiros em beco na Zona Oeste de Manaus — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

Um pedreiro, de 31 anos, foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (13) no beco da Paz, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. De acordo com a mãe da vítima, Wallemberg Vieira Belo saiu da casa dela para comprar pão quando foi morto.

Segundo a família, o homem era morador do bairro Nova Vitória, na Zona Leste de Manaus. No entanto, há dois meses, a vítima estava na casa da mãe para realizar um serviço de pedreiro.

Por volta das 8h, ele saiu para comprar pão e, ao retornar para casa com uma sacola com pães, o homem foi abordado por cerca de cinco homens, armados, que efetuaram disparos contra a vítima.

De acordo com o titular do 8° Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Adriano Félix, o homem foi morto mais de dez tiros de arma calibre ponto 40.

“Recebemos a informação de que cinco homens fortemente armados subiram a rua Natal e assassinaram a vítima. As investigações apontam que é mais uma morte em decorrência dessa briga entre facções criminosas”, disse.

Questionado sobre os crimes que ocorrem no bairro da Compensa nos últimos dias, o delegado informou que a polícia trabalha na tentativa de inibir a criminalidade, “mas não tem como colocar viatura da polícia Civil ou Militar em cada beco da Compensa”.

Ainda segundo o delegado, o crime possui características de execução. “Vieram especificamente para matá-lo”, disse.

No beco onde o homem havia siglas de uma facção criminosa pichado em muros de casa, próximo ao corpo.

Abalada, a mãe da vítima não quis comentar sobre o crime

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), investiga o crime.

Related posts

Coronavírus: Previna-se! Esse cuidado é de todos

admin

Parintins, no AM, entra em situação de emergência após desmoronamento de parte da orla da cidade

admin

Colegiado do TCE-AM julga 57 processos nesta segunda-feira (17)

admin

Leave a Comment