Destaques Manaus Polícial

Justiça nega habeas corpus a tio que dopou e estuprou sobrinha em Manaus

Manaus/AM – A Justiça do Amazonas indeferiu no início deste ano, um pedido de habeas corpus solicitado pelo advogado do enfermeiro defesa de Anderson Magno Barros da Silva, 40. 

O enfermeiro é suspeito de dopar e estuprar a própria sobrinha, Aline Alves de Melo, 14, em outubro de 2019.

Na ocasião do crime, a jovem acabo morrendo após engasgar no próprio vomito. Ele segue preso em uma unidade prisional. 

FONTE:portaldoholanda 

Related posts

Estão previstos mais R$ 10 milhões para serem liberados. Com isso, o valor final do repasse será R$ 17,5 milhões a mais que os R$ 70 milhões previstos no início do ano

admin

Vice Presidente Hamilton Mourão pode ser candidato ao Senado pelo Amazonas em 2022

admin

Ação pede que Estado do AM seja condenado a R$ 5,3 milhões por massacre de 56 presidiários

admin

Leave a Comment