Cultura Destaques Manaus

Réveillon de Manaus reúne 300 mil pessoas em três pontos de festa

Um público de 300 mil pessoas celebrou a chegada do Ano Novo no “Réveillon 2020”, promovido pela Prefeitura de Manaus. Mais de 30 horas de festa e de 20 atrações, entre locais e nacional, animaram a noite do dia 31/12 e as primeiras horas desta quarta-feira, 1º/1,  em três pontos da cidade: no Complexo da Ponta Negra (zona Oeste), Shopping Phelippe Daou (zona Leste) e Orla do Amarelinho (zona Sul).

A exemplo dos anos anteriores, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, prestigiou os três locais de festa, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro. Por volta das 20h30, o prefeito subiu ao palco do Shopping Phelippe Daou, para saudar o público da zona Leste, desejar votos de feliz ano novo, local onde também fez uma homenagem ao cantor Arlindo Júnior, que morreu no último domingo, 29/12. Em seguida, às 21h30, prefeito e primeira-dama  prestigiaram o show da virada do bairro Educandos, zona Sul.

Por volta das 23h15, já na Ponta Negra, Arthur celebrou a chegada de 2020 junto a aproximadamente 200 mil pessoas, quando aproveitou para fazer um balanço do ano positivo de 2019 para Manaus e uma projeção para 2020. “Manaus é a cidade mais organizada financeiramente do país, tetracampeã em responsabilidade previdenciária, terceira cidade que mais cresce em arrecadação própria, proporcionalmente. É uma cidade que tem uma máquina pequena, mas ajustada, que tem metas que são cumpridas até o final. Para 2020, desejo muito mais amor, trabalho, segurança e paz. Quem me conhece sabe que eu amo Manaus. Feliz Ano Novo a todos”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que puxou a contagem regressiva para a chegada do Ano-Novo.

Um show pirotécnico com duração de 10 minutos iluminou o céu e encantou as milhares de pessoas presentes. Realizado pelo quinto ano consecutivo às margens do rio Negro, a praia foi tomada pelo público que permaneceu no local até o primeiro raiar do sol do ano novo.  Passava de meia-noite, quando a atração nacional Jerry Smith subiu ao palco incendiando o público ao som do batidão do funk.

“Já tive oportunidade de cantar em Manaus, e em outro Réveillon. Mas é incrível o que acontece nesta cidade. Me sinto à vontade aqui. Meu primeiro show de 2020, primeira vez aqui com uma banda completa, com dançarinas. Incrível a energia desse público”, comentou o cantor.

O pagodeiro Uendel Pinheiro, sensação das rodas de samba de Manaus, deu continuidade a festa, cantando hits de sucesso acompanhado pelo público presente. E foi o cantor amazonense Guto Lima, que encerrou em grande estilo a festa na praia da Ponta Negra, já amanhecendo o dia.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, ressaltou o potencial turístico das festas de Réveillon que acontecem em Manaus.

” O Réveillon da cidade de Manaus é um marco para o turismo brasileiro, mundial, pela proporção que vem tomando. O Réveillon de Manaus ainda passa por todas as zonas da cidade, espalhando a magia dessa festa. Coroamos o ano de 2020 com muita alegria!”, comentou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula.

Zona Leste

O palco Phelippe Daou, na zona Leste, também contou com o show de Guto Lima. Após a queima de fogos, o cantor comandou a festa que foi até as 5h com o forró do Tomi Xote e Toininho e Forró Show, encerrando a festa.

Zona Sul

O tradicional Réveillon da zona Sul, que acontece na Orla do Amarelinho, contou com oito atrações para animar um público de 5 mil pessoas que compareceu no Palco Amarelinho. O mecânico Luís Arthur Santos, 52, que participa desde a primeira edição da festa há oito anos, levou toda a família para celebrar 2020 no local. “Eu sou morador daqui e venho todo ano, desejo muita prosperidade a todos e, principalmente, a todas as famílias do meu querido bairro”, disse.

No palco da Orla do Amarelinho, após a queima de fogos, foi a vez da Banda Impakto agitar o público. O forrozão Já Kero e Kadu Almeida levaram a festa até as 4h.

Demais pontos

Outros pontos da cidade, como o Viver Melhor, na zona Norte, e Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste, também receberam apoio da Prefeitura de Manaus para as festas da virada do ano, e, ainda, o Réveillon de Yemanjá, promovido pela Articulação Amazônica dos Povos Tradicionais de Matriz Africana (Aratrama) e a Associação de Desenvolvimento Sociocultural Toy Badé, que acontece até esta quinta-feira, 2/1, na Ponta Negra.

Homenagem

A noite também foi de homenagens ao eterno “Pop da Selva”, Arlindo Júnior, que morreu no último dia 29. Em todos os pontos da festa, cantores e amigos de Arlindo lembrando o talento e grandiosidade do artista para o boi-bumbá e a cultura amazonense.

O grupo Canto da Mata, primeiro a se apresentar na zona Leste, relembrou sucessos do “Pop da Selva’ e dedicou, com tristeza e pesar, o show da noite. No Educandos, a Banda Impakto puxou a homenagem ao artista e na Ponta Negra, Uendel Pinheiro interpretou as toadas “O Amor está no ar”, de Chico da Silva, e “Pesadelos dos Navegantes”,  de Ronaldo Barbosa, esta última do Boi Caprichoso, eternizada na voz de Arlindo Júnior que ganhou uma versão de samba interpretada pelo Pop da Selva e Uendel, no DVD do pagodeiro.

Operacional

Para a realização do Réveillon 2020 em três pontos de Manaus – Ponta Negra, Shopping Phelippe Daou e Educandos, atuaram 1,5 mil agentes de diversas secretarias municipais, entre outros órgãos envolvidos na operação.

Related posts

Prefeitura mantém agentes de trânsito nas ruas, mesmo com decreto de teletrabalho

admin

Cadastro para meia passagem 2020 tem início nesta segunda em Manaus

admin

Prefeitura promove capacitação para atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista

admin

Leave a Comment