Semsa dá início à aperfeiçoamento de enfermeiros

0
3

Cerca de 50 enfermeiros das Unidades de Estratégia Saúde da Família (UESF), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), começaram na tarde desta quarta-feira, 12/04, o curso de “Aperfeiçoamento em Gerenciamento do Cuidado”. Com o tema “Liderança de Equipes de Saúde” a aula inaugural foi ministrada pelo mestre em Saúde, Sociedade e Endemias da Amazônia, Jerfeson Nepumuceno Caldas na Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), local em que as aulas vão acontecer até o dia 31 de outubro.

O primeiro módulo do curso de Aperfeiçoamento, “Abordagem de Conflitos em Serviços de Saúde”, terá início no próximo dia 17, com o mesmo instrutor. Serão aulas teóricas presenciais e práticas nas unidades básicas.

O programa de aperfeiçoamento inclui oito módulos com abordagens de Conflitos em Serviços de Saúde, Redes de Atenção à Saúde, Gerenciamento do Processo de Trabalho em Atenção Primária à Saúde (APS), Planejamento em Saúde, Cuidado em Saúde e Regulação, Gestão dos Recursos de Saúde da APS, Gerenciamento de Equipe de Atenção Básica para Enfermeiros e Enfermagem e Família.

A subsecretária Municipal de Gestão da Saúde, Lubélia Sá Freire, falou sobre o desafio da capacitação e da melhor qualidade do serviço oferecido nas unidades básicas. “A Prefeitura se preocupa com a constante motivação e qualificação dos servidores. Essa turma será um desafio e esperamos ser a primeira de muitas turmas de qualificação. Devemos querer sempre o melhor para a população e estamos trabalhando com o processo de educação continuada para melhorar a qualidade do serviço nas unidades. Com profissionais capacitados, eu acredito que poderemos fazer a diferença”.

O diretor executivo da Espi, Heraldo Boechat, ressaltou a importância da parceria com a Semsa na capacitação dos servidores. “A parceria visa capacitar os servidores para levar qualidade no atendimento à população. A nossa expectativa é fazer com que cada vez mais pessoas comuns que procuram uma unidade de saúde sejam bem tratadas”.

A diretora do Departamento de Atenção Primária (DAP), Kássia Veras, afirmou que a expectativa é capacitar profissionais de diversas áreas da atenção básica. “Nesse primeiro momento, os enfermeiros foram prioridades, mas a meta é levar a capacitação para outros profissionais. Acreditamos que um SUS melhor é feito por todos nós. A capacitação foi muito esperada pelos nossos colegas enfermeiros e eles levarão tudo que foi aprendido nas aulas para o dia-a-dia. A ideia é investir e agregar valores aos nossos servidores da rede básica”.

Reportagem: Vanessa Leocádio

Foto: Alaney Ferreira

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA