Mecânico é preso suspeito de estuprar e engravidar adolescente de 14 anos, em Manaus

0
152

Um mecânico de 45 anos foi preso nesta quinta-feira (29) em Manaus suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente de 14 anos e engravidá-la. Segundo a Polícia Civil, os dois possuíam um relacionamento sem o consentimento da família da vítima, pois o homem era casado. Eles tiveram a ideia de acusar o pai da menina de abuso sexual para morarem juntos.

De acordo com a titular da Delegacia Especializada Em Proteção a Criança a ao Adolescente (Depca), delegada Joyce Coelho, o homem era mecânico da família da menina e passou a observá-la. Depois, por meio de uma rede social, eles começaram a conversar e iniciaram um relacionamento.

O mecânico era casado, e a família da adolescente nunca aceitou o namoro. Então, para morar com o suspeito, uma acusação foi feita contra o pai da adolescente.

“A adolescente chegou relatando que havia sido vítima de abuso sexual pelo pai, dos cinco aos dez anos e não queria mais morar na casa da família. Um mês depois, o inquérito já estava instaurado e acabamos descobrindo que, na realidade, a menina estava grávida e mantinha um relacionamento com um conhecido da família e essa atitude foi um plano arquitetado para que ela se afastasse de casa e fosse viver esse relacionamento”, contou.

De acordo com a investigação, após sair da casa da família para morar com o mecânico, a adolescente engravidou aos 13 anos e foi deixada pelo suspeito. A titular relatou que em novembro de 2018 soube que a menina deu à luz ao bebê.

As investigações da polícia neste caso tiveram início em dezembro de 2018. Após constatação do crime, um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça.

Apresentado durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (30), William Benevides Filho, negou a acusação e voltou a dizer que quem engravidou a adolescente foi o pai dela.

“O triste foi que um inocente, que era o próprio pai, foi denunciado e chegou a receber um inquérito policial”, completou a delegada.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Após apresentação, ele será levado para o Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here