Humaitá é campeão do Futsal Feminino Juvenil do JEAs

0
914

Após vencer por 1 a 0 a equipe do Centro educacional Recanto da Criança Interativo, as meninas da Escola Estadual Governador Plínio Ramos Coelho, do munícipio de Humaitá, a 696 quilômetros da capital, sagraram-se campeãs do futsal feminino juvenil dos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs). A final ocorreu na manhã deste sábado (27/07) na Arena Poliesportiva do Amazonas (Amadeu Teixeira). A competição é promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc-AM).

“O futebol e o futsal femininos estão cada vez maiores. Hoje foi um duelo de gigantes. As meninas do Recanto são referência e hoje tiveram um adversário à altura. Elas abrilhantaram o JEAs e estão de parabéns”, elogiou o titular da Sejel, Caio André de Oliveira.

Para a técnica da equipe humaitaense, Adriana Lúcia, as meninas jogaram muito bem e o título foi merecido. “É um título muito importante para nossa cidade e para essas meninas. Elas jogaram demais! Obedeceram taticamente e colheram os frutos de dedicação. Foi um oponente bem provado e experimentado, mas conseguimos administrar bem e vencer, que é o que vale”, comentou.

A autora do gol, Camila dos Santos Dutra, 16, do primeiro ano do Ensino Médio, não esconde o orgulho da vitória, mas lembra da trajetória dura até o ouro de hoje. “Estamos tentando esse ouro há muito tempo. Vencemos hoje não só a competição, mas a distância, tudo com muita força de vontade. Eu me orgulho de fazer parte da equipe e dessa história linda de superação, mas fico mais feliz ainda de poder contribuir com a equipe e fazer esse gol do título”, falou.

Final Masculino Juvenil

No masculino juvenil, a equipe da Escola Estadual Raimundo Gomes Nogueira venceu por 4 a 2 o elenco da Escola Estadual Maria Emília, de Autazes, distante 112 quilômetros de Manaus. O time já havia perdido para a equipe adversária na fase de grupos, mas nesta revanche levou a melhor e deixou o ouro na capital.

Para Davi Araújo, do 3º ano, a despedida do JEAs foi de muita alegria, pois fez dois gols para ajudar na vitória. “Chegamos bem acanhados à competição, perdemos para Autazes por 6 a 1, então eles vinham mais seguros para essa partida. Porém colocamos os pés no chão, mostramos mais organização e fizemos quatro gols. Não foi fácil, mas estamos muito felizes, e eu mais ainda, pois pude contribuir com essa vitória ao fazer dois gols”, comentou.

Para o time de Autazes, o segundo lugar mostra que o grupo fez uma boa campanha, mas que ainda precisa melhorar. Além do vice-campeonato, a equipe mostra que tem um bom elenco, pois o artilheiro da competição, Dalisson Nogueira, 16, do 2º ano, é do time do município e declara que vai treinar e voltar melhor no próximo ano.

“Ainda tenho o ano que vem para competir no JEAs. Esse ano foi bom, mas precisamos melhorar, pois não conseguimos o primeiro lugar. Meu foco é treinar bastante e levar esse ouro ano que vem para o munícipio de Autazes”, finalizou.


FOTO: Mauro Neto/Sejel

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here