Prefeitura emite mais de 790 Certidões de Endereço no primeiro semestre

0
552
MANAUS/AM - 26/08/2014 O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, realizou, nesta terça-feira, 26, um sobrevoo na cidade para verificar o andamento de projetos importantes de sua administração. Entre eles, o Complexo Viário 28 de Março, que será entregue no próximo dia 1º de setembro; obras de recapeamento nas zonas Norte e Leste; a ponte Ilhas Gregas, via de acesso à Ponta Negra, na zona Oeste; e áreas ainda ocupadas por camelôs no centro da cidade. FOTO: ARLESSON SICSÚ / SEMCOM

Nos seis primeiros meses deste ano, a Prefeitura de Manaus expediu 798 Certidões de Endereço pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), com emissão da primeira via gratuita. O documento é necessário para pessoas físicas e jurídicas que precisam comprovar a oficialidade do seu endereço.

Conforme dados da Gerência de Mobilidade Urbana (GMU) do Implurb, foram mais de 130 certidões emitidas por mês no primeiro semestre. A certidão é um documento legal, no qual é oficializado o endereço do imóvel no espaço geográfico do município de Manaus, fazendo a atualização do endereçamento conforme a lei vigente. Quem precisa da comprovação deve comparecer ao atendimento no Implurb (avenida Brasil, 2.971, Compensa), em horário comercial, das 8h às 15h30 (sem intervalo para o almoço).

É aconselhável que, antes de se dirigir à sede do Implurb, o solicitante consulte no site www.implurb.manaus.am.gov.br, na seção “Lista de Documentos”, o que precisa apresentar para fazer o pedido.

Documentos

Para solicitar o documento, é preciso apresentar requerimento padrão específico da Certidão de Endereço; documentos que identifiquem a matrícula do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU); contrato de compra e venda ou outro documento que comprove a posse do imóvel; comprovante de residência; croqui de localização (pode ser feito à mão); contrato de locação, quando for imóvel alugado; contrato social, quando se tratar de empresa. Os documentos devem ser apresentados originais ou cópias autenticadas.

Foto – Arlesson Sicsu / Arquivo Semcom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here