Semsa promove orientação nutricional para público atendido em Cozinha Comunitária

0
27

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) promoveu na manhã desta quarta-feira, 8/11, orientações sobre Alimentação Saudável para o público atendido na Cozinha Comunitária da Panair, no bairro Colônia Oliveira Machado, zona Sul.

 

A atividade foi executada pela equipe de Saúde Nutricional do Distrito de Saúde (Disa Sul) e aconteceu durante Ação Social promovida pela Cozinha Comunitária, instituição coordenada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), e que oferece 200 refeições diárias para pessoas em situação de rua, além de crianças e idosos, com o objetivo de promover a segurança alimentar e nutricional.

 

O objetivo foi orientar esse público sobre a quantidade de gordura, sal e açúcar dos alimentos, a importância do consumo de frutas e legumes, e sobre a escolha, a combinação, o preparo e o consumo de alimentos para uma dieta saudável e nutritiva.

 

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, a atividade educativa é uma das ações desenvolvidas pela Semsa para melhorar as condições de alimentação e nutrição da população. “O trabalho de orientar a população e incentivar a prática de hábitos alimentares saudáveis é essencial para o cuidado integral da saúde de cada pessoa, principalmente na prevenção de doenças”, afirmou Marcelo Magaldi.

 

A técnica responsável pelas ações de Saúde Nutricional no Disa Sul, nutricionista Danielle Belota, explicou que o objetivo principal é repassar informação e esclarecer a população sobre como ter uma alimentação equilibrada, incluindo as orientações do Guia Alimentar do Ministério da Saúde e reforçando que se deve priorizar os alimentos in natura.

 

“Os participantes da Ação Social relataram que conseguem ter uma alimentação equilibrada frequentando a Cozinha Comunitária. Mas é importante que tenham a compreensão que a alimentação mais saudável é aquela mais próxima do natural possível, com frutas e verduras, evitando, ao máximo, os produtos industrializados, que apresentam sempre algum tipo conservante e processos químicos”, destacou Danielle Belota, lembrando que a preocupação não é apenas com o desenvolvimento de doenças como diabetes e hipertensão, mas com diferentes tipos de câncer.

Para a aposentada Maria Raimunda Lima da Silva, de 70 anos, as orientações sobre nutrição ajudaram a identificar os alimentos na dieta que podem prejudicar a saúde. “Eu achava, por exemplo, que não tinha sal no macarrão instantâneo que eu utilizo em casa. Também achava que o leite integral era o mais saudável, mas agora sei que tem uma grande quantidade de gordura. Então vou evitar consumir esses dois alimentos para não prejudicar a minha saúde”, garantiu Maria Raimunda.

A Ação Social da Cozinha Comunitária também ofereceu orientação sobre o Programa Bolsa Família, Carteira do Idoso, corte de cabelo e encaminhamento para emissão de RG com a parceria da Polícia Militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here